quinta-feira, abril 15, 2010

Tesouros Infantis 2º Trim. Lição7

Ninguém Queria Ser Servo
Ao final da lição a criança deverá:
SABER que Jesus, apesar de ser o líder, não se importou em fazer o trabalho de um escravo;
SENTIR desejo de se tornar humilde como Jesus;
RESPONDER, escolhendo meios específicos de servir a outros humildemente.

PENSAMENTO CENTRAL: Deus quer que eu sirva a outros humildemente.
VERSO PARA MEMORIZAR: “Não... para ser servido, mas para servir ...” Mateus 20:28.
LEITURA AUXILIAR: João 13:3-10; Mateus 20:27,28; Lucas 22:24-26; O Desejado de Todas as Nações, págs. 642 - 644.

RECURSOS NECESSÁRIOS: Memorizando: bacia e toalha; Conquistando a Atenção: copos de água, bandeja; Lição: mesa com bancos, sandália ou chinelo, sapato, bacia, balde ou jarro com água, toalha de banho grande ou outro tecido grande, coração sujo/limpo, pano úmido; Revisando: toalha; Aplicando: objetos usados na cerimônia de lava-pés, sacola com pazinha, escova de lavar roupa, palha de aço, lenço umedecido, etc.; Contando aos Outros: Opção A - cópias dos cupons da pág. 98 para cada criança; Opção B - saquinho plástico, miniatura de bacia (feita de sucata), miniatura de toalha (retalho), cartão da figura abaixo, saquinho de plástico ou tecido, fitilho.

COMO PREPARAR OS RECURSOS NECESSÁRIOS:Lição: Coração sujo - fazer um coração em cartolina ou papel cartão branco. Passar papel contact transparente. Sujar o coração com tinta guache ou outra. Testar antes para ver se sai com pano úmido.

SUGESTÃO DE CÂNTICO (letra para música da faixa 10, CD “Tesouros Infantis”).
Eu sou importante
Quando sirvo a outros com amor.
Quem é importante
Vive pra servir.

Eu sou importante
Quando tento a outros alegrar
Quem é importante
Vive pra ajudar.

MEMORIZANDO (até 10 minutos): Para melhor aproveitamento do verso, ele deve ser memorizado após a apresentação da lição.

CONQUISTANDO A ATENÇÃO: Combinar para que o pastor ou dirigente da igreja sirva as crianças de alguma maneira (servindo copos de água, em uma bandeja, como um garçon; e/ou varrendo a sala e jogando o lixo na presença dela). Perguntar: Que pessoas são pagas para servir alimentos e bebidas? O garçon. Quem é pago para varrer e jogar o lixo? A empregada doméstica, o zelador. Nosso pastor é o líder da igreja, mas não se importou de agir como se fosse um garçon (ou um zelador). Como vocês se sentiram ao serem servidos por ele? Vocês acham que uma pessoa importante pode agir como um empregado? Em nossa lição de hoje um líder agiu como um empregado.

ESTUDO DA LIÇÃO (até 25 minutos, incluindo apresentação da lição, revisão, aplicação e contando aos outros):
APRESENTANDO A LIÇÃO:
Montar um cenário com uma mesa preparada para refeição em um canto e outro canto colocar um balde com água, uma bacia e uma toalha grande. Começar a contar a história vestindo um casaco, camisa ou roupão por cima da roupa como se fosse uma túnica. Combinar com uma ou duas crianças para que lave seus pés.
Mostrar um sapato e uma sandália ou chinelo. Perguntar: Quando temos de caminhar pela poeira ou lama, qual desses calçados protege melhor nosso pé da sujeira: o sapato ou a sandália? O que acontece com nossos pés quando caminhamos em uma estrada poeirenta usando apenas chinelos ou sandálias? Ficam muito sujos, não é mesmo?
No tempo de Jesus as pessoas usavam sandálias em vez de sapatos. Quando andavam pelas estradas poeirentas daquela época, areia e sujeira entravam em suas sandálias e os pés ficavam muito sujos. Por isso, quando chegavam em algum lugar, fosse em casa ou fazendo uma visita, um empregado trazia uma bacia com água e uma toalha (apontar para o balde e a toalha) e vinha lavar-lhe os pés. Essa era uma tarefa que só os empregados faziam.
Mostrar a Bíblia aberta na passagem de João 13. A Bíblia conta que Jesus e seus discípulos, certa vez caminharam bastante por estradas e ruas poeirentas. Vamos fazer como eles? Fazer uma fila com as crianças e andar pela sala (ou marchar sem sair do lugar), imaginando a sujeira das ruas e o cansaço. Eles andaram e andaram e por isso seus pés ficaram muito sujos. Finalmente chegaram onde iriam jantar. As crianças devem se sentar. Era uma sala de jantar bem grande. Tudo estava arrumado e limpo. A mesa estava posta com os alimentos e ao redor dela havia bancos para todos se sentarem. Mostrar a mesa. Num canto da sala havia uma vasilha com água, uma bacia e uma toalha. Mostrar o balde, a bacia e a toalha. Isso era usado para lavar os pés. Todos estavam com os pés sujos e precisavam lavá-los antes de comer. Mas, quem lavaria seus pés? Não havia ali nenhum servo para fazer isso. Então cada um deles começou a pensar: “Eu que não vou lavar os pés dos outros. Isso é serviço de empregado e eu não sou empregado de ninguém. Eu sou mais importante que os outros. Eles que façam isso”. O coração deles estava sujo de orgulho. Mostrar o coração sujo.
Jesus ficou olhando para eles, percebendo seus pensamentos orgulhosos. Ele esperou pacientemente para ver se algum deles se animava a fazer o trabalho de um servo.Como todos ficaram quietos Jesus levantou-se (levantar-se), tirou sua longa túnica (tirar sua capa), amarrou uma toalha em volta da cintura (amarrar uma toalha em volta da cintura), pegou o balde (ou jarro) de água (pegar o balde ou jarro de água), colocou água na bacia (colocar água na bacia) e foi em direção aos discípulos para lavar seus pés. Os discípulos ficaram admirados: logo Jesus, o Mestre, ia lavar os seus pés, como se fosse um simples empregado! Que vergonha para eles! Colocar a bacia no chão e continuar falando.
Sabem de quem Jesus lavou os pés primeiro? De Judas, o traidor. Antes de vir para o jantar Judas estivera com os sacerdotes e recebera deles trinta moedas de prata para entregar Jesus a eles para ser morto. Depois ele foi para a ceia como se nada houvesse acontecido. Só Jesus sabia seu segredo. E não falou nada para os outros. Mesmo sabendo de tudo, Jesus lavou os pés de Judas com muito amor e isso quase fez com que Judas se arrependesse e pedisse perdão. Mas para isso ele precisa confessar seu pecado e ele não queria se humilhar. Como Judas não se arrependeu, seu coração ficou duro como uma pedra. Mostrar uma pedra e deixar que as crianças a apalpem.
Depois de Judas, Jesus lavou os pés dos outros discípulos. Lavar os pés de uma criança voluntária. Silenciosamente Jesus continuou seu trabalho. Todos estavam em silêncio, muito envergonhados. Pedro estava tão sentido que, quando Jesus foi lavar seus pés, ele disse: “Mestre, nunca me lavarás os pés!” Mas Jesus disse a ele: “Se eu não lavar os seus pés, você não pode ter parte comigo”. Humildemente Pedro disse: “Senhor, lava-me não somente os pés, mas também minhas mãos e minha cabeça!” Jesus continuou lavando os pés de cada discípulo. Lavar os pés de outra criança voluntária. Enquanto ele ia lavando eles iam se arrependendo de seus pecados e se tornando humildes. Naquele momento, eles deixaram Jesus lavar seus corações da sujeira do orgulho. Passar um pano úmido no coração sujo para limpá-lo. No final, só Judas não estava com coração limpo.
Quando Jesus terminou, vestiu Sua capa novamente (vestir a capa) e Se sentou (sentar-se). Então Ele perguntou: “Vocês entendem o que Eu fiz? Vocês Me chamam de Mestre e Senhor e fazem bem em dizer assim, porque é verdade. E já que Eu, o Senhor e o Mestre, lavei os pés de vocês, vocês devem lavar os pés uns dos outros. Eu dei o exemplo para ser seguido: façam como Eu fiz com vocês.”
Os discípulos estavam todos com a cabeça baixa, muito envergonhados e tristes por seus pecados. Vamos abaixar a cabeça, como quem está envergonhado? Alguns deles até choraram de tão arrependidos. Passar a mão no rosto como quem enxuga as lágrimas. Então Jesus explicou que se eles servissem uns aos outros, mesmo nas coisas mais humildes, fazendo aqueles serviços que ninguém quer fazer, seriam felizes porque não teriam o coração amargurado pelo orgulho e egoísmo. Deveriam sempre lembrar de seguir o exemplo de Jesus, que “não veio para ser servido, mas para servir”.
E todos, menos Judas, aprenderam aquela linda lição de humildade.

B. MEMORIZANDO:Dizer: O trabalho de lavar os pés sujos de alguém era só para os servos. Os patrões nunca faziam isso. Jesus mostrou muita humildade lavando os pés dos seus empregados. Assim Ele mostrou que veio a este mundo “Não ... para ser servido, mas para servir”. Jesus veio do Céu, onde era servido por todos os anjos, para se tornar um servo dos seres humanos. Ele deseja que sigamos seu exemplo, procurando servir aos outros. Quem não segue a Jesus, quer ser servido. Mas o verdadeiro seguidor dEle fica feliz em poder servir a alguém. Vamos memorizar o verso de hoje? Ler na Bíblia e depois repetir três vezes com as crianças. Dar a toalha para uma criança fazer que está enxugando os pés dos coleguinhas, enquanto os outros recitam o verso. Assim que terminarem de recitar, a criança entrega a toalha para a última criança a quem ela secou o pé, a qual levanta-se repete o processo. Continuar até que todos tenham participado e o verso esteja memorizado. Se a classe for muito numerosa, aumentar o número de crianças com toalhas
Repitam comigo: DEUS QUER QUE EU SIRVA AOS OUTROS HUMILDEMENTE.

C. REVISANDO:Fazer um círculo com as crianças. Cantar uma estrofe do corinho sugerido enquanto passam de mão em mão a toalha usada para contar a história. Quem estiver com a toalha na mão quando a estrofe acabar deve responder a uma pergunta. Repetir o processo cantando a outra estrofe. Continuar até que as perguntas tenham sido respondidas.
Repitam comigo: DEUS QUER QUE EU SIRVA AOS OUTROS HUMILDEMENTE.

D. APLICANDO:
O trabalho de lavar pés sujos era realizado por escravos e era muito humilhante. Jesus não se recusou a fazer o trabalho de um escravo. Ele nos deu um exemplo de humildade. Para todos se lembrem de serem humildes como Ele, há uma cerimônia chamada Lava-Pés, que é realizada antes da Santa Ceia. Mostrar os objetos usados na cerimônia do Lava-Pés. Nessa ocasião, os membros da igreja lavam os pés uns dos outros, seguindo o exemplo de Jesus. É uma oportunidade de vencer o orgulho e buscar a humildade.
As crianças não participam do lava-pés, mas podem tornar-se humildes como Jesus aceitando fazer tarefas desagradáveis ou cansativas. Quando não aceitamos realizar tarefas desagradáveis ou cansativas estamos sendo orgulhosos como os discípulos, ou humildes como Jesus? Vocês lavariam os pés sujos de alguém que vocês sabem que não gosta de vocês? Deus quer que você sirva aos outros humildemente.
Dentro desta sacola tenho alguns objetos que representam algum serviço desagradável que nem todos gostam de fazer. Quero que alguém venha aqui, pegue um objeto e diga qual tarefa desagradável ou cansativa ele pode representar. Deixar que algumas crianças venham e tirem alguns objetos tais como: pazinha (representa juntar o lixo), esponja de aço (lavar a louça), brinquedos (guardar os brinquedos), escova de lavar roupas ou prendedores (lavar roupa, pendurar no varal), lenço umedecido (limpar um bebê), e assim por diante. Perguntar: Vocês podem se lembrar de alguma outra tarefa desagradável ou cansativa que geralmente ninguém gosta de fazer? Como vocês acham que se sentem as pessoas que fazem essas tarefas? Como vocês se sentem quando precisam fazer uma tarefa que não gostam? Quais dessas tarefas vocês podem fazer? Se vocês fizerem uma dessas tarefas para alguém com certeza farão uma agradável surpresa. O que essa pessoa vai pensar de vocês? O que Jesus vai pensar? Se vocês fizerem esses serviços com humildade e por amor, estarão seguindo o exemplo de Jesus e serão realmente abençoados.
Repitam comigo: DEUS QUER QUE EU SIRVA AOS OUTROS HUMILDEMENTE.

E. CONTANDO AOS OUTROS:Opção A: Cupons de Serviços a Prestar. Entreguem esses cupons para as pessoas que costumam realizar essas tarefas, oferecendo-se para fazê-las no lugar delas. Façam isso com humildade e com certeza Jesus vai sorrir para vocês.
Opção B: Cortar o fundo de embalagens de detergente ou usar tampinhas de requeijão cremoso (copo de plástico) ou outra semelhante para fazer a vez da bacia. Se desejar algo mais sofisticado, usar pratinhos tigelinhas descartáveis. Dar a “bacia”, um retalhinho de tecido, cortado no formato de toalha e uma cópia do cartão da pág. 98 para cada criança (Deus quer que eu sirva aos outros humildemente). Deixar que coloquem tudo dentro de um saquinho de plástico e amarrem com fitilho. Enquanto trabalham, dizer: Esta semana, lembrem-se de fazer alguma tarefa humilde para alguém e usem esse kit para contar a história do lava-pés para essa pessoa. Vocês também podem contar essa história quando virem alguém se recusando a fazer uma tarefa desagradável. Repitam comigo: DEUS QUER QUE EU SIRVA AOS OUTROS HUMILDEMENTE.





Nenhum comentário:

Que bom que você veio!

Volte Sempre!