terça-feira, janeiro 10, 2012

Tesouros Infantis - 1º Trimestre de 2012 - Lição 2

Vida na Terra
  
OBJETIVO: Entender o propósito da vida na Terra.

VERSO DA LIÇÃO: Façamos o homem à Nossa imagem, conforme a Nossa semelhança.” Gênesis 1:26.

RECURSOS NECESSÁRIOS: Conquistando a Atenção - Opção 1: peixe no aquário, pintinho ou tartaruga; Opção 2: enxoval de bebê, ou maquete de quarto de bebê; Opção 3: gravuras de animais e aves; Lição: personagens e visuais usados na lição anterior, figuras coloridas de peixes, aves e animais (página 23), tapete, bonecos para Adão e Eva; Revisando: Opção 1 - números de 1 a 6 (página 17); Opção 2: avental usado em Revisando na lição anterior; Aplicando: Sugestões: pano de prato  graxa e escova de sapatos; pano de pó; caderno e lápis; talheres; regador de brinquedo etc.; Contando aos Outros: Opção 1 - livro da criação: figuras de aves, peixes, animais e pessoas; Opção 2 - círculos da criação: lápis ou giz de cera; Opção 3 -  objetos: dedoches e palitoches de animais, aves e peixes ou curau com colheres de bichos; ou massinha de modelar (receita aqui), cartões com o verso para memorizar (página 22).

COMO PREPARAR OS RECURSOS NECESSÁRIOS

COMO PREPARAR OS RECURSOS NECESSÁRIOS:
Lição:
Visuais: instruções na lição anterior.
Adão e Eva: Podem ser dois bonecos, como o Ken e a Barbie ou semelhantes. Ou pode-se fazê-los em EVA, como na figura abaixo (tirada do blog da Diva Caldas. Em qualquer dos casos, fazer uma túnica branca, representando a veste de luz, para cobrir a “nudez” do casal.

Contando aos outros:
Opção 1 e 2 - livro, números ou círculos da criação:  preparar as figuras de aves, peixes, animais e homem para o livro da criação ou preparar os círculos e números referentes ao quinto e sexto dias (pegar figuras aqui).
Opção 3 - objetos ou lembrancinhas: palitoches ou dedoches de animais; marca-páginas de animais (sugestões aqui); massa de modelar e pratinho de isopor; curau com figuras de animais na colher (veja abaixo) etc.



Colher enfeitada com animais: Dentro de um potinho, colocar curau de milho verde ou tapioca ou, ainda, iogurte batido com frutas. Fazer os bichinhos em EVA, colocá-los no cabo de colherinhas descartáveis e espetá-los nos potes. Usar os moldes abaixo para fazer os modelos das figuras. 











Substituir a gelatina da figura por curau, iogurte ou tapioca.  Ficará uma lembrancinha maravilhosa!!!



CONQUISTANDO A ATENÇÃO:
Opção 1: [Levar um peixinho no aquário e deixar que as crianças o alimentem (pode ser também um pássaro, um pintinho ou uma tartaruga). Falar curiosidades sobre o animal ou ave. Retirar o animal e dizer que na lição de hoje falaremos de diversos animais.]

Opção 2: [Mostrar objetos de enxoval de bebê ou fotos de quarto de bebê. Se possível, montar um quartinho de bebê com móveis de brinquedo ou deixar que as crianças montem o quartinho. Depois de tudo pronto, explicar:] Enquanto o bebê não chega os pais preparam tudo que o bebê vai precisar com muito carinho e da melhor maneira possível. Os pais fazem isso porque amam muito o bebê, mesmo antes dele nascer. Na história de hoje vamos falar dos últimos preparativos que o Papai do Céu fez para receber os seus filhos.

Opção 3: [Mostrar gravuras de animais e aves. As crianças devem imitar os sons ou movimentos deles.]
 APRESENTANDO A LIÇÃO: [Mostrar os visuais usados na semana anterior, relembrando rapidamente o que foi estudado. Mostrar o número 5 e falar com bastante expressão:] O mundo estava lindo no quinto dia da criação. O Sol brilhava alegremente. Os campos estavam cheios de flores. As árvores estavam carregadas de frutos deliciosos. Mas faltava alguma coisa. Vocês adivinham o que era? Não havia passarinhos cantando, não havia leões rugindo, nem vacas mugindo, nem crianças brincando. Era um mundo muito quieto. De repente, naquele silêncio, Deus falou [fazer uma voz solene]: “Produzam as águas cardumes de seres viventes; e voem as aves... no Céu.”  [Mostrar o visual referente ao quinto dia.] Imediatamente milhares de peixes começaram a mover-se rapidamente através das águas e multidões de aves atravessaram o ar, cantando e fazendo um barulhão com suas asas. Havia peixes bem pequenos e outros muito grandes, como o tubarão. Uns eram gordos, outros magrinhos. Havia peixes vermelhos, azuis e amarelos. Deus os fez com capacidade para nadar e respirar dentro da água.
E as aves? Havia aves de todas as cores e tamanhos: desde o beija-florzinho de cinco centímetros até o enorme avestruz de mais de 100 quilos. No quinto dia o mundo já não era mais silencioso e solitário. E Deus viu que tudo era bom.
[Mostrar o número seis.] No sexto dia Deus falou novamente [fazer uma voz solene]: “Produza a terra seres viventes segundo as suas espécies: animais domésticos, répteis e animais selvagens.”  [Mostrar o visual referente ao sexto dia.] Logo chegaram animais de toda parte.  Cavalos correndo, coelhos pulando, tartarugas se arrastando, abelhas voando e leões caminhando. O lobo e o cordeiro brincavam juntos e em paz. Todos se alimentando de ervas. Nenhum bicho matava outro para comer. E Deus viu que tudo aquilo era bom.
Assim, lindo e cheio de criaturas interessantes, o mundo ficou pronto para receber a criatura mais importante da criação. A criatura para quem todo o resto havia sido criado. Sabem quem foi que Deus fez logo a seguir? Ele disse [fazer uma voz solene]: “Façamos o homem à Nossa imagem, conforme à Nossa semelhança.” Deus , o Pai, Jesus e o Espírito Santo queriam que o homem se parecesse com eles.
[Deitar um menino sobre o tapete. Sem tocar no menino, movimentar as mãos acima de cada parte do corpo que for mencionada. Dizer:]  Deus tomou um pouco de barro e modelou Adão, o primeiro homem. Modelou o rosto. Fez as orelhas para ouvir, olhos para ver, um nariz para cheirar e respirar, uma boca para comer, falar, cantar e rir. O homem tinha dois braços para poder carregar as coisas. Duas pernas, para andar e ele era bem alto. O homem estava formado, mas ainda não tinha vida. Deus “soprou em seu nariz o fôlego de vida.” [Fingir que está soprando suavemente sobre o nariz do menino, que deve abrir os olhos.] Agora sim, o homem era uma pessoa viva! Adão levantou-se [O menino deve levantar-se lentamente.] e olhou para o rosto de Deus. Ele viu que Deus tinha muito amor e alegria em Seu rosto. [O menino pode sentar-se.]
Vocês sabem com quem Adão se parecia? Parecia-se muito com você e comigo, só que era mais vistoso. Era duas vezes mais alto que os homens de hoje e não era nem muito magro, nem muito gordo. Ele não usava roupas de tecido, mas tinha uma veste de luz, como a dos anjos. Além disso, Adão tinha um bom comportamento: era obediente a Deus, bondoso com os animais e sempre tinha bons pensamentos.
O primeiro trabalho de Adão foi dar nomes aos animais. Deus mandou que todos os animais desfilassem em frente de Adão e ele deu nome a cada um. Depois disso, Adão procurou um amigo que se parecesse com ele, mas não encontrou ninguém. Ele se sentiu muito só.
Então, Deus fez Adão ter um sono bem profundo. [Deitar um boneco no chão.] Enquanto ele dormia, Deus tirou uma costela de Adão e fez Eva, para ser a esposa dele. Ela era linda! [Mostrar a boneca de Eva.] Tinha um rosto muito meigo, longos cabelos brilhantes e uma voz agradável. Era alta também, mas não tanto quanto Adão. Deus colocou Eva ao lado de Adão. [Colocar a boneca Eva ao lado do boneco Adão] Quando ele acordou viu Eva em pé, diante dele, sorrindo. [Levantar o boneco Adão.] Ele logo viu que Deus a havia preparado para lhe fazer companhia, para ser sua esposa. E, assim, Deus fez o primeiro casamento. Adão era o noivo e Eva era a noiva. E, de presente de casamento, Deus lhes deu uma casa nova, que não era feita de tijolo e madeira. Era um maravilhoso jardim. A casa deles não estava cheia de móveis, mas as árvores, arbustos, grama, animais e pássaros enchiam a casa. O telhado era o céu azul. O chão era uma tapete de grama, salpicado de florzinhas e as paredes eram cheias de flores perfumadas. Era a casa mais linda e feliz que já existiu na terra!
Assim, Deus terminou de criar todas as coisas e viu que tudo era muito bom.

REVISANDO:
Opção 1: [Mostrar o número 1 e perguntar a uma criança o que foi criado no primeiro dia da criação. Se ela acertar deve dar um abraço na professora (ou escolher um coleguinha para abraçar). Mostrar o número 2 e perguntar a outra criança o que foi criado no segundo dia da criação. Se acertar deve dar dois abraços na professora (ou escolher dois coleguinhas para abraçar). Continuar aumentando os dias e os abraços até o sexto dia.]
Opção 2: [Fazer a mesma atividade de revisão usando o avental da criação da semana passada, mostrando os dias 5 e 6.]

MEMORIZANDO: [Ler o verso na Bíblia e explicar:] Não fomos criados à semelhança de um macaco ou de outro bicho. Quando Deus, Jesus e o Espírito Santo foram criar Adão, resolveram fazê-lo à Sua semelhança. Por isso, quando forem nos ensinar coisas diferentes na escola, devemos lembrar as palavras que Ele disse ao nos criar. Então, vamos memorizar o verso dessa semana? [Ensinar o verso usando os gestos abaixo.]
Façamos o homem a nossa imagem - passar as mãos sobre o rosto;
Conforme a nossa semelhança - colocar as duas mãos sobre o peito;
Gênesis 1:26 - desabrochar uma flor e formar um livro.

APLICANDO:[Dizer:] O que será que Adão e Eva faziam naquela casa? Não havia camas para arrumar, nem chão para varrer, nem fogão para cozinhar. Quando era hora de comer eles pegavam algumas frutas, nozes e cereais e comiam ao natural. Não havia louça para lavar, nem roupa para passar. Então, o que eles faziam? Ficavam desocupados o dia inteiro? Não. Eles cuidavam do jardim e dos animais. Brincavam e se divertiam com todos os bichos. As aves voavam perto deles sem nenhum medo e eles cantavam hinos a Deus junto com elas. Além disso, Deus, Jesus e os anjos vinham dar aulas para eles. A escola era o mundo, o livro era a natureza. Eles não ficavam sentados horas e horas atrás de uma carteira, mas andavam ao redor do jardim e aprendiam coisas interessantíssimas. Deus ensinou para eles tudo sobre cada coisa: desde o pequeno inseto até as estrelas. E em tudo Adão e Eva viam o amor de Deus.
Adão e Eva viviam num lugar maravilhoso, tinham tudo que queriam, mas não eram desocupados nem preguiçosos. Eles estudavam e trabalhavam. Deus também tem um trabalho para nós. Todos podemos fazer alguma coisa.
[Mostrar alguns objetos e pedir para as crianças dizerem trabalhos e ocupações que elas podem fazer usando os objetos apresentados.]
Sugestões:
pano de prato – secar a louça; graxa e escova de sapatos – engraxar os sapatos;
pano de pó – tirar o pó; caderno e lápis – fazer lição;
talheres – arrumar a mesa; regador – molhar as plantas, etc.

CONTANDO AOS OUTROS:
Opção 1 - Livro da Criação: [Ajudar as crianças a colarem as figuras referentes ao quinto e ao sexto dia no livro iniciado na semana anterior.]
Opção 2 - Círculos ou números da Criação: [Ajudar as crianças a pintarem os círculos ou números referentes ao quinto e ao sexto dia.]
Opção 3 - Objetos: [Entregar os objetos escolhidos e um cartãozinho com o verso para memorizar. Deixar que as crianças prendam o cartão no objeto.]
  








sexta-feira, janeiro 06, 2012

Tesouros Infantis - 1º Trimestre de 2012 - Lição 1

Criados por Deus
  
OBJETIVO:  Compreender que a criação é obra de Deus.

VERSO PARA MEMORIZAR: No princípio criou Deus o Céu e a Terra.”  Gênesis 1:1.

RECURSOS NECESSÁRIOS: Conquistando a atenção:  Opção 1: venda para os olhos; Opção 2: sacola ou caixa com objetos variados; Lição: visuais da criação (sugestões abaixo); ventilador ou leque, esponja embebida em água, um pouco de terra; cesta com frutas, cereais, verduras etc; Revisando: bola com mapa mundi, avental ou painel da criação; Aplicando: feijão e broto de feijão; opcional: bolo, pratinhos e garfinhos; Contando aos Outros: livro ou círculo da criação.

COMO PREPARAR OS RECURSOS NECESSÁRIOS
Lição - Escolher uma ou mais opções abaixo:
Opção 1 - Painéis: Abaixo temos várias sugestões de painéis da criação. Em qualquer deles, colocar as figuras à medida que for contando a história.



Opção 2 - Livro de Histórias: Montar um livro em EVA como o que está aqui e ir virando as páginas enquanto conta a história.


 Opção 3 - Círculos e números da Criação: Baixar as imagens aqui. Ampliar as figuras  para o tamanho que desejar. Colorir tudo. Colar em cartolina e recortar. Pode-se fazer tudo em EVA também.  

Opção 4 - Avental e círculos: Fazer os círculos da criação em EVA. Colar um parte de velcro em cada círculo e a outra parte no avental. Guardar os círculos nos bolsos e ir colocando no avental à medida que contar.

Revizando (opção 2): 
Bola: Colar o mapa do mundo em uma bexiga ou bola azul.

Avental da criação: (Ideia extraída da internet: blogtiale.blogspot.com/2011/07/poder-para-criar-historia-da-criacao.htmlCortar o avental em feltro, tecido ou TNT. Os bolsos não podem ser em tecido transparente (o feltro é ótimo). Em cada bolso, colar um número. Dentro deles, colocar um objeto ou figura que represente o que foi criado naquele dia.
1º Dia - Lanterna;
2º Dia - Catavento pequeno; algodão para simbolizar as nuvens;
3º Dia - Uma flor;
4º Dia - Figura de sol;
5º Dia - figura de peixe e pássaro;
6º Dia -  um bonequinho e um bichinho.
7º Dia - Palavra descanso escrita em um cartão.







 Contando aos Outros (sugestões para escolha):
Opção 1 - Livro da Criação: Para cada criança, fazer um livro em papel pardo ou EVA, com oito páginas, mais as duas capas. Fazer as figuras referentes a cada dia da criação. Na aula 1, as crianças devem colar as figuras do 1º ao 4º dia; na aula 2, elas colarão as figuras do 5º e 6º dias; na aula três, elas colarão a figura do descanso e levarão o livro para casa.


Opção 2 - Círculos ou números da Criação: Ampliar as figuras dos círculos ou números (aqui) . Deixar que as crianças pintem os quatro primeiros. Na próxima aula  pintarão os círculos ou números 5 e 6. Na aula seguinte, pintarão o círculo sete. Prender todos os círculos com uma bailarina para montar um livro.

Opção 3 - Objetos: Como lembrancinha, pode-se dar um ou mais objetos que representem um dos dias da criação estudados. Sugestões: 1º dia - lanterna; 2º dia - catavento; 3º dia - uma flor ou fruta (em desenho ou EVA), colada no palito ou um potinho com frutas picadas e palitos de dente com figuras de frutas para as crianças se servirem (esses palitos são encontrados em casas de festa - ver figura à página 15); 4º dia -  figura do sol, da lua e das estrelas, coladas em palitos (ou figuras dos astros em material fosforescente). Também pode-se fazer uma miniatura de um dos painéis sugeridos na página anterior. Coloquei aqui mais sugestões de lembrancinhas e também moldes que podem ser usados para compor os painéis.



SUGESTÃO DE CÂNTICO


Quem fez as lindas estrelas?
As lindas estrelas?
As lindas estrelas?
Quem fez as lindas estrelas? 
Deus, nosso Pai!

Quem fez o céu azul?
O céu azul?
O céu azul?
Quem fez o céu azul?
Deus, nosso Pai!

Quem fez você e eu?
Você e eu?
Você e eu?
Quem fez você e eu?
Deus, nosso Pai!

CONQUISTANDO A ATENÇÃO:
Opção A: [Colocar uma venda nos olhos de uma criança e pedir-lhe que pegue alguma coisa do outro lado da sala (cuidando para que ela não se machuque). Depois, perguntar se é fácil fazer as coisas no escuro ou se é melhor trabalhar onde há luz. Dizer:]  A luz é muito importante. Sem ela não podemos trabalhar, brincar ou  passear. E, na história de hoje, vamos falar sobre a luz e outras coisas.

Opção B:  [Pedir para todas as crianças fecharem os olhos. Tirar alguns objetos de uma sacola ou caixa e pedir que as crianças digam qual a cor do objeto, sem abrirem os olhos. Depois, perguntar se é fácil fazer as coisas no escuro ou se é melhor trabalhar onde há luz. Dizer:  A luz é muito importante. Sem ela não podemos trabalhar, brincar ou  passear. E, na história de hoje, vamos falar sobre a luz e outras coisas.

APRESENTANDO A LIÇÃO: [Mostrar o visual escolhido para mostrar o escuro (círculo, número, etc.). Dizer:] Deus  e Jesus tinham planos de criar um ser muito especial. Mas primeiro Eles prepararam o lugar onde ele moraria: a Terra. No começo do mundo a terra não tinha nada. Era tudo bem escuro e não existia luz, só a escuridão. Não dava pra fazer nada. A terra era vazia. Mas Deus disse: “Haja luz” e a luz apareceu no mesmo instante. [Mostrar o visual escolhido para mostrar a luz.] “Deus viu que a luz era boa.” Ele chamou a luz dia e a escuridão chamou noite. Este foi o primeiro dia da criação.
  No segundo dia Deus fez uma coisa que você não pode ver, tocar, cheirar, nem sentir o gosto. Mas pode sentir quando toca em seu rosto. [Ligar um ventilador ou abanar um leque para que as crianças sintam o ar em movimento.] Já descobriram o que é? Isso mesmo, é o ar, ou vento. Não podemos viver sem o ar. As plantas, os animais, os pássaros e as pessoas morreriam sem o ar. Nem os passarinhos poderiam voar. [Mostrar o visual do segundo dia.] Deus fez o ar para separar as águas da Terra, das águas dos céus. Sabe como isso acontece? O Sol esquenta as águas dos rios, lagos e mares, e as torna em vapor. O vento sobe este vapor para o céu, formando as nuvens. [Embeber uma esponja com água, tendo o cuidado de não deixá-la gotejar. Dizer que é assim que a nuvem fica cheia.] Estas nuvens úmidas flutuam até chegarem a um lugar frio, e aquele vapor vira água e cai de novo na terra. [Apertar um pouco a esponja, acima de um prato ou bacia, para mostrar como a chuva cai.] Vira chuva e rega a terra para nós termos comidinha.
No terceiro dia da criação havia luz e ar. Mas a água estava espalhada por toda parte. Então Deus falou novamente: [Falar com entoação forte, solene.] “Ajuntem-se as águas num só lugar e apareça a porção seca.” Rapidamente a água obedeceu e começou a mover-se para um lado. Então apareceram as lindas praias e as colinas onduladas. [Fazer ondas com as mãos, ao falar a palavra “onduladas”. Mostrar o visual referente à terra.] Deus chamou a porção seca de “terra” e às águas chamou de “mares”. [Mostrar um pouco de terra. Dizer:]A terra era  marrom e não havia nada sobre ela. Então Deus falou outra vez: [Falar com entoação forte, solene.] “Produza a terra grama e erva que dê semente... E árvores que dêem frutos.” [Mostrar o visual do terceiro dia.] De repente as colinas foram cobertas com um tapete de grama verde. Apareceram árvores enormes e muitas delas cheias de frutas deliciosas: manga, caqui, maça, jabuticaba, jaca, pêssego. Huunn! [Opção: Mostrar uma cesta com frutas e grãos, ou vasos de plantas (de preferência com flores), ou gravuras com paisagens bonitas e frutas]. E os campos ficaram cobertos de flores lindas, coloridas e perfumadas. Deus viu que tudo aquilo era bom!
Em três dias Deus mudou este mundo escuro em um lindo jardim. O que será que Ele fez no quarto dia? Ele fez dois grandes luminares. [Mostrar os visuais do quarto dia.] O maior para governar o dia, e o menor para iluminar a noite. Sabem quais são? É isso mesmo! O Sol e a lua acompanhada das brilhantes estrelas. Não sabemos quantas são, mas Deus sabe, e as chama pelo nome.
REVISANDO:
Opção 1: [Mostrar um dos visuais usados para contar a lição para uma criança e perguntar em que dia foi criado aquele item. Se acertar, dar um pedacinho de fruta para ela saborear (ajudar as crianças para que todas acertem.]
 Opção 2: [Mostrar o avental da criação com bolsos numerados. Jogar a bola para o alto. A criança que estiver mais perto de onde a bola cair, deve responder o que foi criado no primeiro dia. Dar tempo para a resposta e depois perguntar: Será que o Pedrinho acertou? Vamos ver? [Conferir a resposta tirando a lanterna do bolso 1. Repetir a brincadeira com os outros dias da criação.]

APLICANDO:    [Perguntar:] Quando foi a última vez que vocês fizeram um trabalho manual ou alguma coisa para comerem? Quais foram os materiais ou ingredientes que vocês usaram? Toda vez que quisermos fazer algo, vamos precisar de materiais e de ingredientes diferentes. Só Deus pode criar as coisas a partir do nada,  usando apenas o Seu poder. Além disso, ninguém consegue criar a vida. Só Deus. [Mostrar uma semente e um broto. Dizer:] Quando Deus criou as flores e as árvores deu-lhes vida.  Vejam essa plantinha. Ela estava guardada, enroladinha dentro do semente. Quando a semente é plantada, a vida que Deus colocou nela faz aparecer a plantinha. Mas Deus não só criou tudo, como também cuida de tudo com muito amor. Ele nunca dorme. Ele mantém as estrelas no lugar, faz as ondas voltarem para o mar para não inundarem a terra. Manda o Sol levantar-se cada manhã. Que Deus maravilhoso! Ele merece mesmo todo o nosso amor.

VARIAÇÃO: [Ao invés de perguntar que trabalho manual ou alimento as crianças fizeram, levar um bolo ou um outro prato bem bonito e perguntar que ingredientes são usados para prepará-lo. E continuar as explicações. Depois, dar um pedacinho de bolo para cada criança.]

MEMORIZANDO: [Ler o verso na Bíblia e explicar seu significado. Depois, ensiná-lo usando os gestos abaixo.]
No princípio - apresentar a chegada de algo.
criou Deus - mostrar sua boca e apontar para o céu.
os céus e a Terra - com as mãos, mostrar o céu e a terra.
Genesis 1:1 - desabrochar uma flor e formar um livro.

CONTANDO AOS OUTROS:  [Entregar o material escolhido. Se forem os círculos, ajudar as crianças a pintarem. Se for o livro, ajudar as crianças a colarem as figuras no lugar certo. Diga-lhes para memorizarem o que foi criado em cada dia da criação estudado. Escrever o nome de cada criança no seu trabalho e colocá-lo em exposição em um mural. As crianças vão levá-lo para casa no terceiro sábado.]

Boa Aula!!





Lembrancinhas para aula sobre a criação




















Moldes para compor os paineis:




Que bom que você veio!

Volte Sempre!