sexta-feira, novembro 20, 2009

Tesouros Infantis, Vol.2, nº 4 - Lição 12

Lição 12: UM PAI PEDE AJUDA
A criança deverá:
SABER que a fé que remove montanhas cresce em um coração que não abriga maus sentimentos;
SENTIR confiança no poder de Deus e desejo de remover as montanhas de sentimentos maus do coração;
RESPONDER rejeitando os maus sentimentos e confiando no poder de Deus para removê-los.
VERSO PARA MEMORIZAR:”Tudo é possível ao que crê.” Marcos 9:23.
LEITURA AUXILIAR: Marcos 9: 14-29; Mateus 17:14-20; O Desejado de Todas as Nações, págs. 425 a 431.

RECURSOS NECESSÁRIOS: memorizando: visuais preparados conforme instruções abaixo, grão de mostarda ou outro semelhante (opcional); conquistando a atenção: equipamentos e remédios usados para tratar doentes tais como curativos, algodão, faixas, termômetro, frascos de remédios, ervas medicinais, argila, etc. (usar termômetro de brinquedo, e frascos inquebráveis); lição: boneco vestido como palestino; revisando: montanhas numeradas (abaixo); aplicando: coração com maus sentimentos (abaixo); contando aos outros: Corações com/sem Fé (abaixo).



COMO PREPARAR OS VISUAIS
Memorizando:
  1. Copiar as figuras da da nuvem e da montanha abaixo. Ampliar as figuras, se preferir visuais maiores.
  2. Usar as figuras como molde para recortá-las em cartolina ou papel cartão (nuvens em cartolina branca e montanhas em cartolina marrom).
  3. Recortar o molde da montanha , colocá-lo em cima de cartolina dobrada e recortar.
  4. Escrever “TUDO É POSSÍVEL” na primeira nuvem, “AO QUE CRÊ” na segunda nuvem e “MARCOS 9:23) na terceira nuvem.
  5. Fazer pequenos cortes (indicados pelas linhas pontilhadas) na montanha e nas nuvens.
  6. Colocar a montanha em pé e encaixar a nuvem em cima da montanha.








Aplicando: Fazer um coração em cartolina vermelha e escrever dentro nomes de maus sentimentos, tais como: inveja, ciúme, ódio, preguiça, egoísmo, orgulho, etc.

Contando aos outros:
  1. Fazer uma cópia do cartão abaixo, recortar e usar como molde para cortar em cartolina vermelha.
  2. Desenhar uma montanha, escrever nomes de maus sentimentos dentro dela e colar na parte central do coração.
  3. Ao contar a história, a criança deverá abrir o coração e mostrar a montanha de maus sentimentos que impedem que nossas orações sejam ouvidas. Depois, virar o coração, ocultando o lado que tem a montanha e dizer que quando deixamos estes maus sentimentos nossa fé cresce e Deus remove as montanhas de dificuldades em nossa vida.


 

MEMORIZANDO (até 10 minutos): Preparar com antecedência os visuais dos versos conforme instruções acima. Ler o verso na Bíblia, na mesma versão do visual. Colocar os visuais em ordem em cima de uma mesa. Dizer: Às vezes enfrentamos situações muito difíceis e não sabemos o que fazer. Parece que é impossível resolver nossos problemas. Mas, se acreditarmos nas preciosas promessas de Jesus e tivermos fé, nem que seja do tamanho de um grão de mostarda (opção: mostrar um grão de mostarda), poderemos remover todos os obstáculos que Satanás coloca em nossa vida. Mesmo que esses obstáculos pareçam tão grandes como uma montanha, se tivermos fé eles serão removidos, desaparecerão.  Repetir o verso três vezes, com a referência. Dizer: Agora, vamos remover estas montanhas. Remover uma montanha e recitar o verso inteiro com os alunos. Repetir o processo até remover todas as montanhas. Depois embaralhá-las e pedir a uma criança que coloque em ordem o verso. Dizer: Não se esqueçam: quando encontrarem uma montanha de dificuldade, confiem em Deus e tenham fé porque TUDO É POSSÍVEL AO QUE CRÊ.

CONQUISTANDO A ATENÇÃO (até 10 minutos): Mostrar vários equipamentos e remédios usados para cuidar de doentes tais como curativos, algodão, termômetro, faixa, frascos de remédios (de preferência, naturais), ervas medicinais, argila, etc. Mostrar item por item perguntando para quê e como é usado. Deixar que as crianças observem e manuseiem os objetos. Explicar como são usados e tirar as dúvidas. Perguntar: Como vocês se sentem quando estão doentes? Quem cuida de vocês quando adoecem? Que tratamentos vocês já fizeram? Como se sentem as pessoas que cuidam de vocês? Que podemos fazer, além dos tratamentos, para termos saúde outra vez? Confiar em Deus, orar. Quando estamos doentes não devemos esquecer que TUDO É POSSÍVEL AO QUE CRÊ.

APRESENTANDO A LIÇÃO: Mostrar  gravuras de Jesus e os discípulos. Dizer: Jesus e os discípulos haviam atendido à multidão o dia inteiro. Quando chegou à tarde, ele convidou a Pedro, Tiago e João para orarem com Ele em uma montanha ali perto. Enquanto Jesus e os três discípulos subiam a montanha, os nove discípulos que ficaram começaram a reclamar por não terem sido chamados também e cresceu uma montanha de inveja em seus corações.
Ao amanhecer, Jesus desceu a montanha, acompanhado dos três discípulos. As pessoas que estavam por ali se aproximaram de Jesus. E Ele observou que algo estava errado. Os nove discípulos que não acompanharam Jesus mostravam-se preocupados. Acabara de acontecer uma coisa que os deixara muito decepcionados e humilhados.
Na multidão havia um pai com um menino doente. Mostrar o boneco em pé, sobre a mesa ou no chão. Ele tinha um espírito mau. Esse pai pediu aos nove discípulos que tirassem o espírito mau de seu filho, mas os discípulos não conseguiram fazer isso. Na verdade, quando eles mandaram o espírito mau sair do corpo do menino, ao invés de sair, ele zombou dos discípulos e jogou o menino no chão. Deixar o boneco cair na mesa ou no chão.  Os sacerdotes riram dos discípulos. Fazer gestos de zombaria (apontar o dedo, escondendo o riso com a mão). Eles diziam que os discípulos eram enganadores e mentirosos e que Jesus também não tinha poder algum. Porém, quando Jesus apareceu, ninguém mais riu. Todos ficaram quietos. Os sacerdotes e os dirigentes ficaram com medo da santidade de Jesus e afastaram-se.
Depois que cessou o barulho, o pai do menino doente veio a Jesus. Ele caiu aos pés de Cristo e disse (falar com voz suplicante): “Mestre, eu trouxe meu filho, que tem um espírito mau. Onde ele está o espírito mau o apanha e tenta despedaçá-lo. Pedi aos discípulos que o expulsassem, mas eles não puderam.” Jesus falou com voz triste: “Ó geração incrédula.” E então falou ao pai: “Traze-Me o teu filho”. Mostrar o boneco. Quando estava perto de Jesus o espírito mau jogou o menino no chão. Jogar o boneco no chão outra vez. Ele começou a remexer-se e espumar. Mexer o boneco para lá e para cá. Ele dava gritos horríveis, nem parecia uma pessoa. Jesus deixou o espírito mau mostrar por um momento sua maldade. Para que o povo visse o poder de Deus em libertar do mal. Ele então chegou para o pai e perguntou: “Há quanto tempo o menino está doente?” O pai respondeu: “Há muito tempo.” O pai contou então que o espírito mau às vezes jogava o menino no fogo e ele se queimava todo. Às vezes jogava na água e o menino quase se afogava. Aquilo era muito triste. Aquele pai já estava desesperado de tanto ver seu filho sofrer. Para ele aquele problema era tão grande como uma montanha. Então ele pediu a Jesus: “Se tu podes fazer alguma coisa, por favor, ajuda-nos.” Este pai demonstrou pequena fé. Ele tinha medo de que Jesus não pudesse curar seu filho. Então Jesus olhou para o pai do menino e respondeu amoravelmente: “Eu posso curar seu filho, se você pode crer.” “Tudo é possível ao que crê.” O pai começou a chorar, ajoelhou-se perante Jesus e disse: “Senhor eu creio, ajuda–me a vencer a minha falta de fé.”
            Jesus voltou-se para o menino doente e disse (falar com voz forte e autoritária): “Tu, espírito mudo e surdo, ordeno-te que saias dele e não entres mais.” O espírito jogou-o no chão e o menino ficou sem se mexer. Jogar o boneco no chão. O povo falou: “Está morto!”. Mas Jesus, tomando-lhe pela mão, levantou-o (pegar o boneco pela mão) e entregou-o a seu pai, sadio e curado. Aquele problema, que era grande como uma montanha, foi completamente removido. Porque TUDO É POSSÍVEL AO QUE CRÊ.O povo ficou maravilhado com o grande poder de Deus.

REVISANDO: Preparar os visuais conforme instruções à pág. ?????. Pedir a cada criança que escolha uma montanha numerada. Ler para a criança a pergunta referente ao número escolhido.

APLICANDO: Mostrar fotos ou desenhos de montanhas. Ou desenhar uma montanha na lousa ou em um cartaz, ou usar o modelo de “Memorizando”. Perguntar: Como são as montanhas, baixas ou altas, pequenas ou grandes? Comparados com as montanhas como somos? Grandes ou pequenos? Fazer um pontinho perto da montanha para comparar o tamanho dela com o ser humano (ou colocar um grãozinho de semente. É possível com uma pá remover uma montanha do lugar? O espírito mau que dominava aquele menino era um problema muito difícil. Parecia uma montanha. O espírito era mais forte que o pai e o menino. E quando ele procurou a ajuda dos discípulos o espírito se mostrou uma montanha para os discípulos também. Eles não conseguiram expulsá-lo. Mas, eles não tinham recebido poder de Jesus para isso? Por que não conseguiram remover aquela montanha de dificuldade?
Os nove discípulos não puderam realizar o milagre porque tinham fé muito pequena.  Mostrar o coração com maus sentimentos. Em seu coração apareceu uma montanha de sentimentos muito ruins. Ler as palavras escritas no coração. O mesmo acontece conosco. Quando em nosso coração guardamos esses sentimentos, nossa fé se torna muito pequena e Jesus não pode responder às nossas orações. Portanto, quando enfrentarmos alguma dificuldade e formos orar, sejamos cuidadosos, certos de que não há nenhum pensamento ruim em nosso coração. Não havendo essas coisas, podemos ter certeza de que as montanhas de dificuldades serão removidas porque
TUDO É POSSÍVEL AO QUE CRÊ.

CONTANDO AOS OUTROS: Dar uma cópia da atividade Coração Pronto Para Orar para que cada criança pinte, recorte, enfeite e monte. Se as crianças forem muito pequenas ou não houver tempo suficiente, entregar tudo semipronto, deixando que elas apenas montem ou pintem o desenho. Enquanto trabalham, dizer: Esta semana, entreguem estes corações para alguém e contem a história de hoje, explicando que não teremos fé para removermos as montanhas de dificuldade se guardarmos em nosso coração sentimentos ruins, como a inveja, o ciúme e a autopiedade (tristeza por nós mesmos).Não esqueça de dizer que TUDO É POSSÍVEL AO QUE CRÊ.

ENCERRAMENTO (até 5 minutos): Juntar as crianças ajoelhadas junto a si e dizer: Agora vamos orar a Jesus e pedir a Ele que tire do nosso coração todo sentimento ruim. Orar: Querido Papai do Céu, temos feito muita coisa ruim que te trouxe tristeza. Pedimos a Ti que nos perdoe e remova do nosso coraçãozinho as montanhas de inveja, ciúme e maldade. Faze-nos bondosos e obedientes. Em nome de Jesus. Amém.






    Nenhum comentário:

    Que bom que você veio!

    Volte Sempre!