quarta-feira, setembro 30, 2009

Suplemento do Professor, Pequeno Pesquisador, Lição 1 - Vol. 2 - Nº 4

Esse trimestre a lição fala sobre o corpo humano. É muito rica e profunda, mas vai exigir um bom preparo.
Vou postar aqui o manual que foi publicado em 2005. Talvez dê para melhorar um pouco. Mas acho que dá pra quebrar o galho, por enquanto...

Primeiramente leia todo o conteúdo, grifando todo o material que vai precisar para a lição. Depois, leia-a por várias vezes, treinando como usar o material. Algumas figuras você pode pegar aqui. Outras dá pra buscar na internet.

Sucesso!


Lição 1: UM POUQUINHO DE DINAMITE
OBJETIVO:.
Ao final da lição o aluno deverá
CONHECER a importância das coisas pequenas
SENTIR desejo de praticar pequenos atos de bondade e vencer os pecados que parecem pequenos
RESPONDER evitando praticar pecados que parecem pequenos.
VERSO PARA MEMORIZAR: “Não sabeis que um pouco de fermento leveda a massa toda?” 1 Coríntios 5:6




MEMORIZANDO (até 10 minutos):
Com antecedência, colocar em uma bandeja  um pão e um recipiente com um pouco de fermento. Dizer: Deus se preocupa com todos os detalhes de nossa vida porque ele sabe que um pequeno detalhe pode fazer uma grande diferença. Isto está bem claro no nosso texto para memorizar de hoje, que está escrito em 1 Coríntios 5:6. Apontar para o fermento e depois para o pão ao dizer: “Um pouco de fermento leveda toda a massa.” Levedar significa fermentar. Uma pequena quantidade de fermento muda o estado de toda a massa. Pequenas  coisas têm grandes influências. Vamos memorizar o texto fazendo uma atividade. Formar um círculo com todos de pé. Contar o número de alunos. Se o número de alunos for ímpar, entrar no círculo também. Dar o recipiente com fermento para um aluno e a bandeja com o pão para o aluno do lado direito do primeiro. O aluno com o fermento deve dizer: “Um pouco de fermento”. O aluno com o pão deve dizer: “Leveda toda a massa”. Todos os alunos devem repetir a referência. Em seguida o aluno com o fermento deve passar o recipiente para o aluno à sua esquerda e o aluno com o pão deve passar o bandeja para o aluno à sua direita. Repetir o processo até que os objetos passem por todas as mãos. No final, recitar o verso e a referência com todos. Abaixo você vê um esquema de como essa atividade pode acontecer.


CONQUISTANDO A ATENÇÃO (até 10 minutos):
Opção A:Preparar uma pequena maquete: Sobre a mesa, formar duas fileiras de copos transparentes com um pouco de água.Uma fileira de frente para a outra. Com antecedência, fazer uma tira de tecido ou papel vermelho de cerca de 5 cm de largura. Colocá-la esticada antes das fileiras de copos. Colocar sobre a tira uma fileira de tampinhas de garrafa de refrigerante contendo substâncias que mudem a aparência da água de alguma forma, tais como: cebion (comprimido efervescente sabor laranja), gotas de anilina líquida para fins alimentícios (em uma cor diferente do comprimido), um pouco de fermento químico para bolo, gotas de iodo ou mertiolate, shoyu, permanganato de potássio, etc. Colocar, uma substância dessas em cada tampinha..Dizer: Observem esta maquete. Imaginem que estes copos são casas, as tampinhas de garrafa são barquinhos e a tira é um rio. Vejam o que vai acontecer.Passar a tira vagarosamente entre as fileiras de copos. Tirar uma tampinha da tira e derramar o seu conteúdo no primeiro copo. Seguir passando a tira e tirando uma a uma as tampinhas e colocando seu conteúdo nos copos com água. Destacar a capacidade daquelas substâncias de fazerem modificações na água.Perguntar: Como ficou a água do primeiro copo? O que a deixou assim? E a água do segundo copo, como ficou? O que a transformou? Foi preciso uma grande quantidade destas substâncias para modificar a água dos copos? Existem muitas coisas que, embora sejam usadas em pequenas quantidades, têm capacidade para mudar muita coisa. Em nosso organismo existem algumas substâncias que agem assim. São esguinchos menores que uma gota que podem fazer grandes coisas acontecerem em nosso corpo. São os hormônios. É sobre isso que vamos estudar hoje.

Opção B: Com antecedência, escrever em pequenos papéis algumas ordens simples, tais como: “Ficar em pé”, “abaixar-se”, “levantar os braços”, “abaixar a cabeça” e assim por diante. Entregar os papéis bem dobradinhos para os alunos. Pedir que eles abram o papel e cumpram as ordens. Dar tempo para isto. Depois, pedir que se sentem. Perguntar: Por que vocês fizeram todas estas coisas? Os papéis que davam as ordens eram grandes ou pequenos? Vejam o que vocês fizeram apenas por causa de alguns papeizinhos. Em nosso organismo existem pequenos gotinhas que levam ordens para os nossos órgãos e elas fazem grandes coisas dentro de nós.

APRESENTANDO A LIÇÃO:
             Os hormônios são substâncias poderosas que são fabricadas pelas glândulas e chegam até nossos órgãos através do sangue. Se usou a maquete em “Conquistando a Atenção”, faça a comparação da tira vermelha com o sangue, os copos com os órgãos e as tampinhas com os hormônios com as ordens. Se usou a opção B, mostrar um copo transparente com água.Com um conta- gotas, pingar uma gota de anilina ou outro corante.Comparar o hormônio com o corante que, com uma pequena quantidade,  tem a capacidade de modificar  toda a cor da água. Dizer: O trabalho dos hormônios é ajudar os três amigos – cérebro, medula espinhal e nervos – a dizerem ao corpo como agir em determinadas circunstâncias. Mostrar o gráfico do sistema nervoso. Uma quantidade de hormônio menor que uma gota já é suficiente para fazer grandes mudanças dentro de nós. Por isso dizemos que estas gotas têm o poder de uma bomba. Elas são pequenas, mas são poderosas.

                        Agora vamos aprender algumas coisas sobre nossas glândulas e seus hormônios. A primeira glândula que estudaremos é a hipófise ou pituitária. Colocar a palavra HIPÓFISE na cartaz de pregas, flanelógrafo ou escrevê-la na lousa.Ela é bem pequena. Tem mais ou menos este tamanho. Mostrar uma ervilha ou uma amêndoa e permitir que passe de mão em mão enquanto fala: Esta glândula está localizado abaixo do cérebro, acima do céu da boca. Apontar mais ou menos a localização. Ela é chamada de “glândula mestra” porque ela fabrica hormônios que vão influir em outras glândulas. Um dos hormônios que a hipófise fabrica é o hormônio do crescimento. Se ela fabricar demais esse hormônio, a pessoa pode crescer como um gigante. Foi o que aconteceu com um homem americano que chegou a ter quase 3 metros de altura (comparar com a altura da sala de aula).Por outro lado, se a hipófise fabricar pouco desse hormônio, a pessoa se torna anã.
            Os gigantes e os anões chamam a atenção por serem muito diferentes. Tenho certeza de que ninguém quer se destacar por ser gigante ou anão. Mas há outras formas de ser gigante ou anão que também chamam a atenção. Quando lutamos corajosamente contra o egoísmo, o orgulho, o ciúme, a ira e outras falhas de caráter somos gigantes espirituais. Se somos covardes e não lutamos contra estas coisas nosso caráter não cresce e nos tornamos anões espirituais.  
            Dividir a sala em dois grupos, rapidamente. Pedir que fiquem em pé. Um grupo obedecerá às ordens rapidamente o outro deverá obedecer lentamente. Dar ordens como: “Colocar a mão no pé”, “abaixar-se”, “levantar os braços”, “balançar os braços para frente e para trás”. Depois pedir para que se sentem. Dizer: Existem pessoas que são sempre cheias de energia e fazem tudo muito rápido. Outras são mais quietas e vagarosas no agir. Sabem que parte do corpo é responsável por essas diferenças no nível de energia? É a glândula tireóide, que está situada na frente do pescoço. Colocar a palavra TIREÓIDE no cartaz de pregas ou no flanelógrafo ou escrevê-la na lousa.Essa glândula controla o modo como aproveitamos a energia dos alimentos que comemos. Ela tem duas ajudantes chamadas PARATIREÓIDES. Colocar a palavra PARATIREÓIDE no cartaz de pregas ou no flanelógrafo ou escrevê-la na lousa. Essas ajudantes ajudam a controlar a quantidade de cálcio e fósforo no sangue e nos ossos.
            Outra glândula muito importante é a chamada TIMO. Colocar a palavra TIMO no cartaz de pregas ou no flanelógrafo ou escrevê-la na lousa.Essa glândula é formada por um tecido esponjoso (mostrar uma esponja) e está situada no tórax atrás do osso ESTERNO. Vocês sabem onde fica esse osso? Fica abaixo do pescoço, no meio do tórax. Batam levemente nele. Bater neste osso. Ele é bem forte para proteger o timo.  O timo é muito importante porque ele armazena as células brancas, aquelas que são os soldadinhos que protegem nosso corpo das doenças. Do nascimento até os doze anos o timo vai crescendo com a criança. Depois dos doze anos ele vai diminuindo, diminuindo até quase desaparecer nos adultos. Por isso, as pessoas mais idosas têm mais facilidade para adoecer.
            Mostrar uma foto ou gravura de um homem com barba e de uma mulher. Vejam essas fotos e observem as diferenças. O homem possui barba, a mulher não. Por quê? Porque existem algumas glândulas chamadas GÔNODAS ou GLÂNDULAS SEXUAIS que são responsáveis por essas e outras diferenças entre os homens e as mulheres. Colocar a palavra GÔNODAS no cartaz de pregas ou no flanelógrafo ou escrevê-la na lousa. As gônodas femininas chamam-se ovários e as gônodas masculinas têm o nome de testículos.
            Fazer com que um despertador ou timer toque. Ouviram este som? É um despertador. Para que serve? Isso mesmo. Para nos acordar à hora em que desejamos. Nosso Criador colocou uma glândula-despertador em nosso corpo que nos ajuda a despertarmos cada manhã à mesma hora e sentirmos sono ao escurecer. É a glândula PINEAL. Colocar a palavra PINEAL no cartaz de pregas ou no flanelógrafo ou escrevê-la na lousa. Deus quer que tenhamos tempo regular para dormir, comer, trabalhar, orar e estudar a Bíblia.
            Mostrar a figura de alguém apavorado.

O que esta pessoa está sentindo? Sim, medo. Muito medo. Imaginem que esta pessoa está diante de um cão feroz. Ela precisa escapar e para isso ela terá que correr muito ou saltar um muro muito alto e vai precisar de muita energia para isso, não é mesmo? E como conseguir essa energia? Colocar SUPRA-RENAIS no cartaz de pregas ou no flanelógrafo ou escrever na lousa.Nós temos duas glândulas, as SUPRA-RENAIS, que fabricam o hormônio chamado ADRENALINA. Esse hormônio é o mensageiro que vai ao coração e diz: “Rápido, coração, bata mais depressa! Mande mais oxigênio para aqueles músculos!” Ele também vai ao fígado e diz: “Fígado, libere seu açúcar para que o corpo tenha mais energia!” Ao estômago ele ordena: “Estômago, pare! A digestão pode esperar!” Tudo isso em questão de segundos. Por isso quando estamos com medo nosso coração dispara, a digestão fica paralisada e temos muito mais energia para correr ou lutar. Ainda bem que Deus nos deu as supra-renais com seu hormônio adrenalina. Se não, não teríamos como escaparmos dos perigos.
            A última glândula que vamos estudar hoje chama-se PÂNCREAS. Colocar a palavra PÂNCREAS no cartaz de pregas ou no flanelógrafo ou escrevê-la na lousa.O pâncreas fabrica dois hormônios: a INSULINA  e o GLUCACON. A insulina controla a quantidade de açúcar no sangue. Quando comemos aumenta a quantidade de açúcar em nosso sangue então a insulina vai até as células e bate na porta. Ir até a porta e bater nela. Abrir a porta e dizer: “Olá! Temos bastante açúcar no sangue, deixe entrar um pouco aqui.”O açúcar entra na célula e lá é transformado em energia. Se ficamos em jejum, começa a faltar açúcar no sangue. Então é a vez do glucacon agir: Ele vai até o fígado e diz (ir até a porta, bater nela e abri-la): “Sr. Fígado, precisamos de mais açúcar no sangue. Por favor, libere-o para nós.” O fígado prontamente libera mais açúcar e tudo fica resolvido. Quando o pâncreas de alguma pessoa pára de fabricar insulina aparece uma doença chamada DIABETES MELITUS. Essa doença deixa a pessoa sempre cansada, faminta e sedenta e traz graves riscos para a vida.
            A insulina e o glucacon são hormônios controladores. Mas há um outro controlador em nossa vida. É o Espírito Santo. Se você for tentado a mentir, Ele diz em sua mente: “Não deves mentir.” Quando você não ajudar sua mãe a limpar a casa para o Sábado, Ele diz: “Seis dias trabalharás.” Se você não quer perdoar sua irmão por falar de você a sua mãe, Ele diz: “Não se ponha o sol sobre sua ira.”
            As células e o fígado obedecem às ordens da insulina e do glucacon. E você, obedece à doce voz do Espírito Santo?
           
REVISANDO E AMPLIANDO: Corrigir o questionário da lição.
 APLICANDO:
Contar a história seguinte, escrevendo a frase na lousa ou cartaz. Um homem foi condenado à morte. Ele então escreveu uma carta ao presidente de seu país suplicando o perdão. O presidente não quis perdoar-lhe e ditou a seu secretário uma carta que dizia assim (escrever a frase seguinte na lousa ou cartaz): “Quanto ao pedido de perdão eu digo: Não. Deve morrer.”Acontece que o secretário esqueceu-se de colocar o ponto depois da palavra “não”. Apagar o ponto.E a resposta ficou sendo: “Quanto ao pedido de perdão eu digo: Não deve morrer.” E o homem escapou da morte. Apenas um pontinho de diferença e a vida dele foi poupada. As pequenas coisas realmente têm grande importância.
            Com antecedência, dividir a lousa ou um cartaz ao meio com um risco. Escrever de um lado: Pequenos Atos Que Trazem Alegria e do outro lado: Pequenos Atos Que Trazem Tristeza. Dizer: Os hormônios são gotas muito pequenas, mas que mudam muita coisa. As gotinhas de hormônio fazem-nos lembrar de pequenas coisas a que, às vezes, não damos importância. Ajudem-me, falando de pequenos atos de bondade fazem diferença em nosso dia a dia. Escrever as sugestões na lousa ou cartaz, na parte dos Pequenos Atos Que Trazem Alegria (obediência nas pequenas coisas, pequenos atos de bondade, sorrisos, dizer “por favor”, “obrigado”, “com prazer”, etc.). Agora quero que pensem em pequenos atos do dia a dia que trazem tristeza. Escrever as sugestões na lousa ou cartaz, na parte dos Pequenos Atos Que Trazem Tristeza (pequenas desobediências, pequenos esquecimentos, pequenos pecadinhos, palavras indelicadas, resmungos e queixas). Se necessário, dê algumas das idéias acima, mas estimule os alunos a pensarem sozinhos.Dizer: Estas pequenas coisas, como os hormônios, têm um grande poder. Elas podem fazer nossa vida ficar muito feliz ou muito triste.
            É uma coisa pequena – disse Rose enquanto colava na prova.
            É uma coisa pequena – disse Júlio quando fugiu às escondidas, da casa do seu amigo.
            É uma coisinha à toa – disse Miriã enquanto se escondia na cozinha para comer uma maçã entre as refeições.
            É uma coisa pequena – disse Eva quando sua mão alcançou e pegou o fruto.
            Por um pequeno pecado Eva perdeu o Paraíso.
            Por pequenos pecados não confessados você e eu podemos perder a vida eterna com Jesus.
Não vale à pena.
É melhor ser fiel em todas as coisas: as grandes e as pequenas e ouvir de Jesus: “Sobre o pouco foste fiel, sobre o muito te colocarei”. Mateus 25:21.
CONTANDO AOS OUTROS:
Entregar para os alunos um pãozinho dentro de um saquinho plástico. Dar fitilho para amarrarem o saquinho e prenderem o marca-páginas abaixo.. Enquanto trabalham, dizer: Hoje aprendemos sobre a importância das pequenas coisas. Muitas pessoas precisam saber sobre isso. Por isso, esta semana, quando perceberem alguém tentado a cometer um pequeno pecado, mostre-lhe o pão com o cartão com o verso para memorizar. Quando perceberem alguém fazendo uma pequena coisa certa, ofereça-lhe o cartão com o verso: “Sobre o pouco foste fiel, sobre o muito te colocarei.” Tenho certeza de que isto as ajudará muito.




Se preferir um cartão só: use o modelo de baixo.







Nenhum comentário:

Que bom que você veio!

Volte Sempre!