quinta-feira, fevereiro 23, 2012

Tesouros Infantis - 1º Trimestre de 2012 - Lição 11

Salvos por Jesus
 OBJETIVO:  Ouvir o chamado de Deus da morte para a vida eterna.
VERSO DA LIÇÃO: Os olhos e os ouvidos do Senhor atentam ao clamor dos justos.” Salmo 34:15.
VERSO OPCIONAL: Lembrai-vos da mulher de Ló.” Lucas 17:32.

RECURSOS NECESSÁRIOS: Conquistando a Atenção - Opção A: figuras de estátuas de diferentes materiais (madeira, metal, pedra); Opção B: CD de corinhos e toca CD; Lição: Opção A: maquete de cidade, bonecos para serem Ló e sua família, os habitantes de Sodoma e os anjos; Opção B: roupas dos tempos bíblicos, mesinha, copos, pratos, cadeiras, porta de papelão;  Aplicando: figura da Cidade Santa; Contando aos Outros: Opção A: cópia da atividade abaixo para cada criança, lápis de cor, tesoura e cola. Opção B - um pouco de massa de modelar e um pratinho descartável para cada criança.

COMO PREPARAR OS RECURSOS NECESSÁRIOS
Lição -  opção A:
Maquete de cidade: Em uma caixa de areia ou placa de isopor, colocar várias casinhas, árvores de brinquedo ou de papel, flores e figuras dos personagens.
Estátua de sal: fazer uma figura de mulher (bem simples) usando massa de modelar (receita   aqui).

Personagens da maquete: Usar as sugestões da postagem "Orientações para os recursos visuais." ( aqui). As silhuetas com palitos são mais práticas para isopor e as caixinhas para as caixas de areia. Os anjos também podem ser confeccionados conforme a figura desta postagem
.
Pedras:  amassar bolas de jornal e envolvê-las com papel laranja ou vermelho (pode ser papel celofane ou papel de seda ou, ainda, papel crepon).

Lição - opção B:
Porta:  Recortar um pedaço de papelão grande no formato de uma porta. Pintá-la ou cobri-la com papel ou EVA. Desenhar a maçaneta.
Sala da casa: Em um canto da sala, colocar uma mesinha com toalha, pratos, talheres, copos e guardanapos.

Aplicando: Ampliar a figura abaixo. Pintar a cidade de dourado e passar gliter perolado nas nuvens. Fixar na parede com rolinhos de fita crepe.


Contando aos Outros: Fazer uma cópia da atividade abaixo para cada criança.


CONQUISTANDO A ATENÇÃO:
Opção A: [Mostrar  as figuras de estátuas de diversos materiais: metal, madeira, pedra etc. Dizer que na história de hoje  as crianças saberão de uma estátua  feita de um material muito diferente.]
Opção B:  [Colocar uma música para tocar e pedir que as crianças andem pela sala. Quando a música for desligada, as crianças devem parar como estátuas. Contar até dez. As que se mexerem dentro deste tempo devem sair. Repetir mais algumas vezes. Vence quem conseguir ficar mais tempo sem se mexer.]

APRESENTANDO A LIÇÃO:
[Revisar rapidamente a lição anterior e continuar a história, movimentando os visuais conforme a necessidade. Dizer:]  Depois que os dois anjos visitaram Abraão foram para Sodoma e Gomorra. [Levar os anjos até Sodoma.] Ló estava sentado ao portão de Sodoma quando viu dois estranhos se aproximando. Ele era um homem hospitaleiro como seu tio Abraão. Ele não sabia que eram anjos, mas foi ao encontro deles. [Levar Ló até os anjos.] Curvou-se com toda cortesia e convidou-os para ir à sua casa passar a noite. Os anjos disseram-lhe: “Não obrigado. Dormiremos na rua.” Ló sabia que isso seria muito perigoso e insistiu com eles  para entrarem até que, finalmente, concordaram. A cidade onde Ló vivia era muito má. O povo que vivia lá era rico e ocioso. Porque nada tinham para fazer, estavam sempre entrando em confusão com os visitantes que vinham à cidade. Não pensavam em outra coisa a não ser comer, beber e divertir-se. Não pensavam em Deus e nem nas outras pessoas.
              Em sua casa, Ló lavou os pés dos visitantes e ofereceu-lhes uma boa refeição. De repente ouviram batidas e golpes violentos na porta da frente. [Bater com força na mesa ou porta.] Muitas pessoas ímpias estavam do lado de fora e gritavam [colocar vários bonecos à frente da casa e falar  com um tom de voz agressivo]: “Ló, onde estão os homens que vieram visitar você? Traga-os para fora!” [Tirar Ló de dentro da casa.] Ló saiu e começou a falar com eles para deixarem seus visitantes em paz. Mas isto deixou a multidão furiosa. Começaram a gritar com Ló e queriam bater nele. Nessa hora os anjos saíram, puxaram Ló para dentro e fecharam a porta. [Colocar Ló para dentro da casa outra vez.] Além disso, fizeram aquela multidão ficar cega e eles não conseguiram mais encontrar a porta da casa de Ló. [Movimentar os bonecos como se estivessem cegos.] Vocês acham que eles ficaram assustados e tristes pela maneira de agirem? Não, nem um pouco. Eles eram tão maus que não viram nada de errado no que haviam feito.
Os anjos contaram a Ló que tinham vindo destruir Sodoma e Gomorra porque eles eram muito maus e, apesar de Deus ter esperado muito tempo, o povo não se converteu. Pelo contrário, eles ficaram mais desobedientes ainda! Os anjos mandaram Ló avisar seus filhos casados da destruição que viria. Ló correu e chamou seus filhos [Levar Ló até onde estão os personagens dos filhos. Falar com voz aflita]: “Rápido, saiam da cidade porque Deus vai destruí-la com fogo!” Os filhos estavam casados com sodomitas que não adoravam a Deus. Eles riram de Ló e disseram [Usar um tom de zombaria]: “Pai, o senhor está louco! Não vai acontecer nada! Vá dormir!” E riam e riam. Ló ficou muito triste e voltou para casa sem seus filhos. [Levar Ló de volta para casa.]
Antes do dia amanhecer, os anjos disseram a Ló: “Apresse-se, pegue sua mulher e suas filhas e escape pela sua vida!” Vocês acham que Ló estava contente por deixar Sodoma? Não, não estava. A Bíblia diz que ele ficava demorando! Era duro para Ló deixar seus filhos, sua linda casa, suas riquezas para trás. Os anjos tomaram sua esposa e sua filhas pela mão e levaram todos às pressas para fora da cidade. [Tirar os personagens da cidade.] Se os anjos não tivessem feito isso eles teriam sido destruídos.
Quando saíram da cidade, os anjos disseram a Ló para ir rapidamente para as montanhas. Se ele ficasse por perto seria destruído também. Além disso, não deveria olhar para trás. Ló apressou-se, mas sua esposa estava muito infeliz. Ela ia correndo e pensando [fazer uma voz de lamento]: “Ai! A minha casa! Minhas roupas lindas! Aqueles móveis tão chiques que eu acabei de comprar!” Ela amava tudo aquilo mais do que a Deus. Em vez de estar agradecida por Deus salvar sua vida, ela estava lamentando perder tudo aquilo. Então, ela decidiu olhar para trás para ver sua querida cidade pela última vez. Olhou, e... Tornou-se uma estátua de sal!!! [Trocar o boneco da mulher de Ló pela estátua de sal.] Ela sabia que não devia olhar, mas ela desobedeceu e foi castigada por sua ingratidão e desobediência e morreu junto com os sodomitas.
Depois que Ló estava longe, Deus fez chover fogo do céu sobre Sodoma e Gomorra. [Jogar as bolas de “fogo” sobre as cidades e amassar as casinhas para mostrar que as cidades foram destruídas.] Elas foram queimadas até o pó. Lembram-se de como Ló tinha sido egoísta escolhendo a parte mais bonita da terra para ele? Ele pensou que ficaria com a melhor parte e no fim ficou sem nada. Não vale à pena ser egoísta.

MEMORIZANDO (opção A - verso da lição): [Ler o verso na Bíblia e explicar seu significado. Depois ensiná-lo com os gestos propostos na lição:]
Os olhos e os ouvidos do Senhor - mostrar seus olhos e ouvidos e apontar para o céu.
atentam ao clamor dos justos. - juntar as mãos na posição de orar e abaixar a cabeça.
Salmos 34:15 - desabrochar uma flor e formar um livro.

MEMORIZANDO (Opção B - verso opcional):
[Dizer:] A mulher de Ló amava mais às suas coisas que a Deus. Ela foi ingrata e desobediente. Por isso acabou perdendo a vida e a salvação. E você? É como a mulher de Ló? Você ama mais seus brinquedos, sua casa, seu animal de estimação, seu alimento e suas roupas mais do que ama a Deus? Você é grato por Deus querer salvá-lo do pecado? Ou você se rebela e faz cara feia quando mamãe quer corrigi-lo? Jesus disse: “Lembrai-vos da mulher de Ló.” Quando você for tentado amar mais as coisas deste mundo do que a Deus, lembre-se da mulher de Ló e não faça igual a ela. Vamos memorizar o verso? [Ensinar o verso usando os seguintes gestos:]
Lembrai-vos - apontar para a cabeça.
Da mulher de Ló -  fingir que é uma estátua.
Lucas 17:32 - desabrochar uma flor e formar um livro.

REVISANDO: [Um ajudante deve substituir rapidamente algumas casinhas da cidade - melhor ainda se houver outra maquete. Dizer:] Se Ló e suas filhas não tivessem obedecido teriam sido destruídos. Vou fazer algumas perguntas. Imaginem que está quase na hora de Sodoma ser destruída. Cada vez que vocês acertarem, os bonecos de Ló e suas filhas se afastarão um pouco mais da cidade. Se errarem, eles não poderão andar. Nós temos que ajudá-los a ficarem bem longe antes que a destruição chegue.  [Colocar os bonecos dentro da cidade e erguer a caixa com as pedras de  “fogo”. Fazer uma pergunta e virar um pouca a caixa. Se as crianças acertarem,  os personagens devem andar um pouco. Se errarem, eles ficam parados. A cada pergunta a caixa de pedras deve ser inclinada mais um pouco (a destruição está chegando). Continuar até que os personagens estejam seguros. Após a última pergunta, virar a caixa com as pedras e  destruir a cidade como feito com a outra maquete.]

APLICANDO: [Colocar a figura da Cidade Santa na parede. Dizer:] Como foi diferente a vida de Abraão comparada com a vida de Ló. Abraão escolheu viver no campo, em tendas. Nunca construiu uma casa luxuosa para ele porque a esperança dele estava em ter uma casa de ouro na Nova Jerusalém. Ele se considerava um viajante na terra. Abrão era missionário e tinha muito contato com os ímpios para falar de Deus para eles. Mas não permitia que sua família se juntasse com os maus. Ló escolheu morar em Sodoma porque era um lugar rico e bonito. Ele queria luxo e comodidade. Ele deixou sua família fazer muita amizade com os mundanos e por isso eles se perderam. Ele demorou para sair de Sodoma e quase morreu por causa disso. Nós podemos escolher ser como Abraão ou como Ló. [Convidar uma criança para ficar a alguma distância da figura da Cidade Santa. Cada vez que as crianças fizerem a escolha certa a criança deve dar um passo em direção à Cidade Santa. Dizer:] Vou falar algumas situações. Cada escolha certa é um passo rumo à Cidade Santa.
· Jorge tem vizinhos que falam nomes feios e são muito briguentos. Eles o convidaram para passar todas as tardes com eles. Ele deve ir ou não?
·  Na escola, Márcia tem uma colega que é muito vaidosa e lhe oferece maquiagem sempre. Ela deve ou não ficar no recreio com ela todos os dias?
· Os parentes de Maurício não são cristãos. Eles o convidaram para uma balada. Ele deve ir ou não?
· Todas as amigas de Sonia vão à festa junina da escola. Ela deve ir ou não?

CONTANDO AOS OUTROS: 
Opção 1:  [Ajudar as crianças a fazerem a atividade.]
Opção 2: [Dar um pouco de massa de modelar para cada criança tentar fazer uma figura da mulher de Ló, usando o pratinho descartável como suporte. Incentivá-las a usar a figura para contarem a história a outras crianças.]
  

Um comentário:

Lorena disse...

Gostei muito!!!!
me ajudou bastante a preparar a aula...
Parabens pelo trabalho!
bjs

Que bom que você veio!

Volte Sempre!