quinta-feira, janeiro 22, 2015

O santuário - uma forma prática de ensinar

Este vídeo é uma sugestão para ensinar sobre o santuário de maneira prática e muito eficiente.

Observe como fica assistindo ao vídeo. Você pode acessá-lo de três maneiras: clicando neste link.  Ou clicando em uma das imagens abaixo (uma dessas opções tem de funcionar...). Depois, use as figuras e instruções abaixo para preparar seu material.  Sucesso!

video





Imprima as figuras desta postagem (ou outras, se preferir). Recorte todas elas. Depois, desenhe o contorno do santuário no chão ou parede com fita crepe, seguindo o esquema abaixo. Use-o também como guia para fixar as figuras no lugar certo no santuário.



Da figura abaixo, use apenas a taça com o sangue. Para o altar, utilize a figura acima.







Imprima as figuras abaixo em tamanho reduzido, proporcional ao seu santuário.






quarta-feira, junho 25, 2014

Manual da Lição Pequeno Pesquisador - introdução


 Mais fotos do materiais sugeridos do PP,  ver a página do Face:
https://www.facebook.com/pages/Unisulkids/518031918249110?sk=photos_stream

E quem quer ver as sugestões do maternal para o 3º trimestre pode ir na postagem abaixo:
http://evangelismoinfantil.blogspot.com.br/2010/07/manual-do-maternal-licoes.html


PEQUENO PESQUISADOR
TERCEIRO TRIMESTRE
DE 2014

              Cartas Vivas é o tema da lição do terceiro trimestre e vai contar a história de vários heróis da fé e também algumas lições importantes do santuário. Elas foram preparadas para inspirar os alunos dessa classe serem cartas vivas para Jesus. Para isso, o papel do professor é fundamental pois ele mesmo é uma carta que os alunos estão lendo a cada sábado. Portanto, joelhos no chão e mãos à obra. São muitos detalhes para o trabalho mas, com certeza, os resultados serão compensadores.

Decoração da sala: Para o início do trimestre pode-se fazer um painel com 8 envelopes de carta.Estas são as lições que contam biografias de heróis da fé. A cada sábado pode-se tirar de dentro dos envelopes os nomes dos personagens do dia ou figuras que os representem. 




Inspiração para o mural - Trocar o título por "Cartas Vivas"

A lição 9 conta a história da serpente de bronze e as outras 4 falam do santuário. Para a lição 9, pode-se fazer uma serpente de lantejoulas ou outro material, prendê-la em um galinho seco e fixa-la no mural, junto aos envelopes de carta. 

Para as lições 10 a 13, nossa sugestão é um painel com a mobília do santuário 

ou uma maquete, se houver espaço para isso.

Incentivo de presença: Abaixo, duas opções. Escolher a que mais lhe for conveniente.

1.  Sumo Sacerdote: Fazer uma cópia (de preferência colorida) da figura do sacerdote (abaixo) para cada aluno. Colar em EVA e recortar no contorno. Pendurar as figuras em um mural, com o nome de cada aluno nelas. Fazer miniaturas das roupas do sacerdote. Quando o aluno chegar e falar a senha ganha uma peça da roupa para vestir seu sumo sacerdote. Ao invés de vestir roupas na figura pode-se fazer um quebra-cabeça com ela, dividindo a figura em 13 partes. Os alunos recebem uma parte a cada sábado.


2. Lapbook: O lapbook consiste em uma pasta grande que os alunos vão montando durante todo o trimestre. A cada sábado eles recebem uma figura e/ou um objeto relacionado com a lição. No caso, pode-se fazer o lap book todo do santuário ou fazer as oito primeiras lições com figuras ligadas aos heróis estudados e usar os materiais do santuário apenas para as quatro últimas. Sempre que o aluno chega, ganha alguma coisa para completar seu lapbook. 
Lap book fechado. Feito com uma folha de cartolina.   A capa pode ser feita com figuras de envelopes de carta e com uma do santuário. Ou como o da foto ao lado. No verso do lap book, pode-se colar três bordas de uma folha sulfite, formando um envelope para guardar as folhas de questões. Não esquecer de colocar o nome do aluno.




Lap book aberto. 
Cada figura refere-se à lição do dia e deve ser colada pelo aluno formando um bolso ou uma aba, 
onde um objeto interessante pode ser colocado.




Objetos escondidos em cada figura.

Quadro de tarefas: Estabeleça as tarefas que seus alunos devem cumprir durante o trimestre e faça um cartaz com elas. Pode-se, também, imprimir essa lista e entregar para que colem na contracapa da lição.


             
Caixa do correio:  Como o nosso tema é Cartas Vivas, sugerimos que se faça uma caixa de correio para guardar os pedidos de oração ou alguns desafios para serem feitos durante a semana.




Sistema de pontuação: Esse é um sistema que faz os alunos se motivarem muito. No entanto, é preciso ter cuidado para não criar uma competição acirrada e despertar maus sentimentos entre eles. Pelo contrário, deve-se incentivar o espírito colaborativo, em que cada um ajuda o outro a alcançar a meta. Para isso, deve-se ter uma boa recompensa para todos os que se esforçarem e não um único prêmio para o melhor aluno. Eles podem ser pontuados por colaborarem uns com os outros. Além disso, os desafios devem estar ao alcance de todos: dizer a senha do dia, ter a lição respondida, responder a folha de atividades, levar a Bíblia, comportar-se bem, auxiliar os colegas, participar na Liga Juvenil etc. Talvez seja necessário conseguir que alguém doe a Bíblia e a lição para alguns alunos mas, em geral, os pais devem ser incentivados a providenciarem os materiais que seus filhos precisam. Estes também devem estar sempre informados a respeito da pontuação dos filhos para que corrijam as falhas, quando necessário. No caso de alunos que tenham falta justificada, deve haver algum sistema de recuperação tal como: recitar o verso da lição anterior junto com o da atual, trazer uma visita, participar em alguma atividade da igreja etc. Isso evitará que desanime por não poder ganhar o presente do final do trimestre.


Um dos propósitos mais importantes para o trabalho com a faixa etária do Pequeno Pesquisador (9 a 12 anos) é familiarizá-los com a Bíblia e a Palavra de Deus, desenvolvendo o espírito de pesquisa no Livro Sagrado. Por isso, continuaremos utilizando a folha de atividades individuais, com o título “Pesquisadores em Ação”. Nela o estudante terá a oportunidade de fazer a pesquisa bíblica e nos textos inspirados. Ela deve ser entregue aos alunos no início do estudo da lição, juntamente com uma prancheta e caneta (ou lápis e borracha).  


As orientações de como usá-las serão dadas em cada lição, mas alguns procedimentos são básicos:

1. Se o número de crianças for pequeno, distribuir as perguntas para estudo individual. Se for maior que o número de perguntas, surgirá a necessidade de dividir a classe em duplas ou pequenos grupos. Se o número de pesquisadores for muito grande, distribuir as perguntas para estudo individual. Nesse caso, pode-se sortear aqueles que responderão às perguntas para a classe.
2. É importante que haja um monitor  adulto acompanhando cada grupo para ajudar na compreensão do textos, especialmente do vocabulário.
3. O grupo deve eleger um representante para dar a resposta. Ele pode fazê-lo do seu lugar ou ir à frente.
4. Após a apresentação da resposta, é preciso dar tempo para que os pesquisadores dos outros grupos escrevam suas respostas em suas folhas de atividade.
5. As folhas de atividade devem ser assinadas e guardadas em um envelope ou pasta com o nome do aluno e o logo Pesquisadores em Ação. No final do trimestre, as fichas devem ser avaliadas, para mostrarem o desempenho do pesquisador.




Obs: Se houve falta justificada (viagem, doença, etc), o pesquisador faltante deve receber a folha do dia em que faltou e preenche-la em casa. Isso só não poderá acontecer com aqueles que não frequentaram as aulas por negligência.


ATENÇÃO: Como a base das pesquisas é a Bíblia e o Espírito de Profecia, a sala deve conter dicionários, dicionários bíblicos, várias versões da Bíblia, mapas, gráficos, etc. A biblioteca da igreja precisa estar acessível às crianças. Para fixar a identidade, os alunos devem ser chamados de Pesquisadores, o identificador da porta deve conter o logo da revista e uma lupa e os cartazes dentro da sala devem também conter uma lupa.

Como são pesquisadores da Bíblia, uma das exigências é que eles tenham suas Bíblias em mãos todas as aulas. Para não dar conflito nas respostas das perguntas, especialmente nas de completar, sugerimos que a classe tenha as Bíblias na versão utilizada na lição, que é a João Ferreira de Almeida, Revista e Corrigida. E pode-se usar as versões em linguagem mais moderna para ajudar a esclarecer o sentido. Elas facilitam muito a compreensão. No entanto, o estudo não pode basear-se completamente nessas versões porque apresentam, muitas vezes, alterações que prejudicam a compreensão de algumas doutrinas.

E A LIÇÃO DOS ALUNOS? Durante a semana, o pesquisador deve estudar a lição, responder ao questionário da mesma e realizar as atividades propostas na seção ATITUDE. Ao chegar à sala de aula, no sábado de manhã, o pesquisador deve citar de memória a senha do dia, que é o verso-chave da lição, e entregar a lição completada para o(a) recepcionista. Este(a) deve juntar as lições de todos os alunos e corrigi-las, dando uma nota para cada resposta certa.
 
  A SALA DE AULA
  Além dos materiais de consulta, as paredes das salas podem portar diversos recursos de ensino os quais estão listados abaixo:
  Um cartaz com a escala de trabalho dos pesquisadores para o mês será bastante útil. O título pode ser: PESQUISADORES EM AÇÃO. Abaixo, as funções: recepção, diaconato, secretaria, ajudantes gerais, etc. Sob cada função, os nomes dos pesquisadores escalados.
  Um cartaz para os aniversariantes também é importante. O título pode ser: SOMOS GRATOS A DEUS POR MAIS UM ANO DE VIDA DE ... (abaixo, colocar os nomes e/ou fotos dos pesquisadores aniversariantes).
  Um mural  ou caixa com os pedidos de oração intitulado PESQUISADORES EM ORAÇÃO  e, abaixo, colocar os cartões com os pedidos de oração). Ou pode-se usar a caixa de correio (acima).
  O mural missionário, que pode ser denominado PESQUISADORES EM MISSÃO. Nesse cartaz, os pesquisadores podem colocar fotos e informações sobre o local para onde as ofertas de primeiro sábado serão enviadas. Para isso, é preciso dividir a turma em grupos ou duplas e pedir que cada um pesquise em casa algum aspecto acerca do país ou do trabalho estudado. Assim, podemos ter o grupo dos Pesquisadores Geógrafos, que estudarão características geográficas como clima, relevo, hidrografia, localização, etc. (esse grupo pode ser subdividido, se necessário). Os Pesquisadores Gastrônomos, vão em busca dos pratos típicos. Os Historiadores, falarão um pouco da história do país e da igreja no local. Os Sociólogos os costumes e a religião predominante. E os Economistas podem falar da condição econômica do país. A cada sábado um grupo (ou dois) apresenta o resultado de sua pesquisa e acrescenta itens ao cartaz ou mural. Também é interessante estabelecer um alvo de ofertas e incentivar os pesquisadores a alcançá-lo.
  Por fim, temos o cartaz de avaliação dos Pesquisadores. Ele deve conter o nome de cada pesquisador, o número de sábados e uma forma de avaliação de desempenho. Os itens avaliados podem ser: trazer a Bíblia, a lição, memorização do verso, realização das atividades solicitadas, comportamento etc., além do teste sugerido à pág. 5.  É bom programar um passeio, um rodízio de pizza natural na casa de algum deles ou uma festinha de encerramento do trimestre em que a avaliação pode trazer algum benefício para os alunos.
   
A PROGRAMAÇÃO

Senha: A senha, com raras exceções, é o verso para memorizar da lição dos alunos. Quando for um verso diferente, este deve ser escrito em um papel e grampeado na lição do aluno, enquanto a mesma é corrigida.  Ao final de cada aula, os alunos devem ser lembrados de memorizar a senha para entrarem na sala no próximo sábado. O verso do dia deve estar escrito em um cartaz exposto no mural do trimestre. 

Período de espera (15 min antes do início): Ter um quebra-cabeças, livros, passatempos-bíblicos e outras atividades para que os alunos que chegarem mais cedo estejam ocupados. Pode-se também conversar com eles sobre os acontecimentos da semana de cada um.
 
Abertura (até 10 minutos): Iniciar a aula pedindo que os alunos falem a senha em conjunto. Depois, orar e cantar. Conversar rapidamente sobre as alegrias e preocupações desta semana, fazer os anúncios.

Atenções especiais (até 5 min): Mencionar os aniversariantes, cumprimentar calorosamente as visitas. Isso também pode ser feito mais tarde, se os aniversariantes ou visitantes ainda não houverem chegado.

Oração: Observar o mural de oração. Ver se alguma oração foi alcançada, se há algum pedido mais a ser acrescentado. Pedir a um juvenil que ore pelos pedidos mencionados no mural.

Missões: Apresentar rapidamente o resultado das pesquisas de um dos grupos e incentivar os pesquisadores a trazerem ofertas generosas.

Oferta: Os diáconos recolhem a oferta e  todos oram pedindo a Deus a benção sobre ela.

Estudo da lição: Separar os grupos e seguir o programa do dia.

Encerramento: Cantar e orar. Mencionar a senha da próxima semana. Ensaiar, se necessário.

terça-feira, abril 22, 2014

Logos do Pequeno Pesquisador e ESIR


Esses são os logos para as pranchetas e outros materiais.














Logo para a Caixa da Oração ou Mural da Oração







ESIR - Escola Sabatina Infantil Reformista


domingo, dezembro 08, 2013

sexta-feira, dezembro 06, 2013

SEMANA DE ORAÇÃO 2013

Aqui está o material para a semana de oração deste ano.
É um projeto que está em teste e vamos aperfeiçoá-lo para o ano que vem.
Por favor, orem para que nossas crianças sejam reavivadas.

Abaixo as imagens coloridas para sexta e sábado.
Sucesso!!












sexta-feira, outubro 11, 2013

Presentes para as crianças


Nessa data em que o mundo incentiva o consumismo oferecemos às crianças um presente mais duradouro que brinquedos e diversões.



Para os garotos e garotas da classe Pequeno Pesquisador, oferecemos um blog para o estudo das lições.
http://unisulkidspequenopesquisador.blogspot.com.br/

Por enquanto temos apenas a lição 1 como um teste. Mas vamos atualizá-la semanalmente. Por favor, deixem seus comentários para que possamos aperfeiçoar o blog.

Para as crianças da classe Tesouros Infantis, oferecemos momentos especiais junto com seus pais durante o culto familiar de sexta-feira ou sábado. É um material extraído na íntegra da antiga lição Tesouros Infantis, para ser lido no computador ou impresso para formar um livrinho.
Com a graça de Deus vamos postar o restante das imagens toda semana. Fiquem de olho na página do Face.
Podem baixar aqui, nesta postagem, logo abaixo, ou no Face:
https://www.facebook.com/pages/Unisulkids/518031918249110?ref=ts&fref=ts

Com carinho,













Que bom que você veio!

Volte Sempre!