sexta-feira, dezembro 06, 2013

SEMANA DE ORAÇÃO 2013

Aqui está o material para a semana de oração deste ano.
É um projeto que está em teste e vamos aperfeiçoá-lo para o ano que vem.
Por favor, orem para que nossas crianças sejam reavivadas.

Abaixo as imagens coloridas para sexta e sábado.
Sucesso!!












sexta-feira, outubro 11, 2013

Presentes para as crianças


Nessa data em que o mundo incentiva o consumismo oferecemos às crianças um presente mais duradouro que brinquedos e diversões.



Para os garotos e garotas da classe Pequeno Pesquisador, oferecemos um blog para o estudo das lições.
http://unisulkidspequenopesquisador.blogspot.com.br/

Por enquanto temos apenas a lição 1 como um teste. Mas vamos atualizá-la semanalmente. Por favor, deixem seus comentários para que possamos aperfeiçoar o blog.

Para as crianças da classe Tesouros Infantis, oferecemos momentos especiais junto com seus pais durante o culto familiar de sexta-feira ou sábado. É um material extraído na íntegra da antiga lição Tesouros Infantis, para ser lido no computador ou impresso para formar um livrinho.
Com a graça de Deus vamos postar o restante das imagens toda semana. Fiquem de olho na página do Face.
Podem baixar aqui, nesta postagem, logo abaixo, ou no Face:
https://www.facebook.com/pages/Unisulkids/518031918249110?ref=ts&fref=ts

Com carinho,













quinta-feira, julho 04, 2013

Tesouros Infantis - 3º trim. 2013 - Lição 1

Lição 1
A surpresa celestial
 Ao final da lição a criança deverá
SABER que Deus ensinou a João desde pequeno e deseja ensinar as crianças de hoje também.
SENTIR desejo de aprender a vontade de Deus.
RESPONDER sendo obediente aos pais e à Palavra de Deus.

VERSO PARA MEMORIZAR: “Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os Meus olhos.” Salmo 32:8. Ou - “O Senhor Deus me disse: “Eu lhe ensinarei o caminho por onde você deve ir; Eu vou guiá-lo e orientá-lo.” Salmos 32:8 (NTLH).

LEITURA AUXILIAR: O Desejado de Todas as Nações, págs. 97-101; 36,37.

RECURSOS NECESSÁRIOS: Memorizando: verso escrito em cartolina; venda para os olhos (lenço ou faixa de tecido); Conquistando a Atenção: Opção 1: bebê de verdade ou boneco; Opção 2: gravuras de alfarroba, docinhos de alfarroba ou embalagem de Alfarroba; pote com mel; Lição: gravura de anjo (abaixo), boneco embrulhado em panos; Revisando: Opção 1: boneco, toca CD; Opção 2: sachê de mel; Contando aos outros: Opção 1: cópias da atividade abaixo para cada criança; Opção 2: saquinhos, saches de mel, cópia do verso para memorizar, fitilho.

COMO PREPARAR OS RECURSOS NECESSÁRIOS

Conquistando a Atenção e Revisando (opção com Alfarroba):
Bolinhas de alfarroba e castanhas
Ingredientes:
50g de castanhas (ou outras oleaginosas)
1 colher de sopa de farinha de alfarroba (encontrada em lojas de produtos naturais)
4 a 5 ameixas secas
1 colher de sobremesa de melado de cana ou mel(opcional)
coco ralado à gosto

Preparação:
Hidratar as ameixas durante uma noite, em pouca água. Bater as ameixas e as castanhas no processador até transformá-las em purê (essa quantidade, no liquidificador não bate direito). Se necessário, utilizar um pouco da água onde ficaram de molho.
Juntar a farinha de alfarroba e misturar bem. Acrescentar o melado, se desejar.
O resultado é uma massa mais ou menos homogênea e que possibilita fazer bolinhas, à mão.  Se a massa estiver muito difícil de moldar, acrescentar um pouco da água onde ficaram de molho. Por fim, passar cada bolinha em farinha de  alfarroba ou em coco ralado.

Memorizando:  Caso as crianças já saibam ler, escrever o verso em uma cartolina e enfeitá-lo  como desejar.  Se não souberem ler, não é preciso o visual.

Lição:
Anjo: Ampliar a figura da abaixo para o tamanho desejado (usar papel cartão, papelão ou EVA). Colorir como desejar.



Personagens: Usar as orientações que estão  aqui  para fazer os bonecos para Zacarias, Isabel, João (criança) e  as pessoas.

Maquete: Encapar uma caixa de papelão com papel pedra. Fazer uma abertura na frente, como uma porta que abra e feche. Colar cartolina dourada na porta. Fazer duas colunas usando dois rolos feitos de cartolina dourada. Deixar uma abertura em cima, para colocar Zacarias dentro.

Contando aos Outros: Fazer cópias das figuras abaixo.



CONQUISTANDO A ATENÇÃO (até 10 minutos):
Opção 1: [Combinar com a professora auxiliar que coloque um bebê na frente das crianças enquanto elas estiverem orando, todas com os olhinhos fechados; e ao abrirem, surpreendam-se com a criancinha-nenê ou com um bonequinho bebê. Dizer a elas o nome do bebê, do seu pai e da sua mãe. Deixem que toquem nele e o peguem no colo. Depois devolver o bebê ou bonequinho e organizar as crianças em círculo ou semicírculo atraindo a atenção delas para a lição.]
Opção 2: [Dar um docinho de alfarroba para cada criança ou apenas mostrar a embalagem da alfarroba ou uma gravura de alfarroba. O  importante é que as crianças saibam que João Batista era vegetariano e que os gafanhotos citados na Bíblia são o outro nome para alfarroba, uma planta do deserto cujo fruto tem sabor parecido ao chocolate.] Dizer: Na lição de hoje falaremos de alguém que comia alfarroba.

Opção 3: [Mostrar um pote com mel. Falar sobre o sabor, sobre as qualidades e a importância do mel. Se possível, dar um sachezinho de mel ou usar uma pazinha descartável para servir um pouquinho de mel para as crianças. Dizer:]  Na lição de hoje falaremos de alguém que sempre comia mel.

ESTUDO DA LIÇÃO (até 25 minutos, incluindo a apresentação da lição, revisão e aplicação).
LIÇÃO: [Mostrar a Bíblia e abri-la, mostrando o Antigo Testamento e dizer:] A Bíblia está dividida em duas partes: Antigo e Novo Testamento. O Antigo Testamento conta o que aconteceu no mundo desde que foi criado até alguns anos antes de Jesus nascer. Nós já estudamos muitas histórias do Antigo Testamento.  [Mostrar o Novo Testamento.] A história de hoje está na parte da Bíblia que conta a história de Jesus, de seus discípulos e do mundo até nossos dias: o Novo Testamento.
Sabem, crianças, precisamos aprender o que Deus nos ensina e obedecer aos seus ensinos. [Mostrar Zacarias e Isabel.] Zacarias era um sacerdote. Sua esposa chamava-se Isabel. Eles amavam a Deus, eram obedientes a Ele e viviam felizes. Só faltava uma coisa na casa deles. Sabem o quê? Um filho. Eles já eram bem idosos e ainda não tinham o seu bebê. E isso os deixava tristes. [Baixar a cabeça, com o rosto triste.] Por muitos anos Zacarias orou para que Deus lhe desse um filho. Ele também orava pedindo que o Salvador que Deus prometera a Adão e Eva chegasse logo.
Duas vezes ao ano, Zacarias ia a Jerusalém, para servir como sacerdote no templo. [Caminhar até o templo.] Naquele ano ele estava no templo, queimando incenso diante do altar do Senhor.  [Ajoelhar-se.] Isabel e as outras pessoas esperavam lá fora. De repente, ele viu um anjo em pé ao lado direito do altar. [Mostrar a figura do anjo.] Zacarias ficou com muito medo quando viu o anjo que brilhava muito. Então, o anjo disse [fazer uma voz solene]: “Não tenha medo, Zacarias, pois Deus ouviu a sua oração! A sua esposa vai ter um filho, e você porá nele o nome de João. O nascimento dele vai trazer alegria e felicidade para você e para muita gente. Cuide para que ele nunca beba bebida forte porque ele será um profeta de Deus e vai preparar o povo para receber o Salvador, que logo nascerá também.” Que notícia maravilhosa, não é mesmo? Depois de tantos anos orando, eles finalmente teriam um bebê! Além disso, que privilégio, o filho deles seria um profeta! Zacarias ficou muito admirado! Mas, por um momento, ele duvidou de Deus e disse [fazer uma voz de idoso, falando com desânimo]: “Eu já sou muito velho e Isabel também. É impossível que tenhamos um bebê.” Duvidar do que Deus diz não é certo e o anjo teve que repreendê-lo [fazer voz solene]: “Zacarias, eu vim da presença de Deus até você para dar esta boa notícia. Mas, como você não acreditou nas minhas palavras, ficará mudo até o menino nascer.”
Enquanto isso, do lado de fora, as pessoas estavam impacientes com a demora de Zacarias e ficaram pensando: “Por que ele está demorando tanto.” Finalmente, quando Zacarias saiu, seu rosto estava brilhando com a luz do Céu, mas não conseguia falar nada. [Fingir que tenta falar, sem conseguir.] Ele fez muitos sinais até que as pessoas entenderam que ele tinha demorado porque tinha visto um anjo.
Depois de algum tempo a promessa de Deus se cumpriu e Isabel teve um belo bebê. [Pegar o boneco, envolvê-lo em panos e niná-lo.] É tão gostoso ter um bebê em casa! Zacarias estava feliz! Isabel estava feliz! Foi uma grande surpresa que uma pessoa de idade, como Isabel, pudesse ter um filho. Realmente era um grande milagre! E todos na vizinhança queriam conhecer o bebê. Todos queriam pegar e ninar o nenê. [Ir até as crianças e dar o boneco para que elas o ninem um pouquinho. Dizer:] As pessoas disseram a Isabel que o nome do bebê deveria ser Zacarias, como o do pai. Mas ela disse que seria João. Então eles disseram [fazer voz admirada]: “Mas não há ninguém na família que tenha esse nome.” E foram perguntar a Zacarias. Como não podia falar, ele escreveu [mostrar o papel com o nome JOÃO.] Depois disso, ele voltou a falar e louvou a Deus por ter sido tão bom para eles.
  Zacarias e Isabel não queriam que João andasse com más companhias, para não atrapalhá-lo de ser um profeta. Então mudaram-se para um lugar bem longe da cidade,  no deserto. E João cresceu ali, brincando nas rochas e areias, com os pequenos animais. Apesar de não ter crianças para brincar, João não se sentia só. O melhor amigo dele era Deus. Quando ele olhava para o céu azul lembrava-se que Deus, seu melhor Amigo, morava lá. João era feliz. Ele não reclamava por não ter brinquedos caros ou roupas da moda. A comida dele era muito simples: nada de guloseimas e bobagens. Mas ele nem se importava com isso. Ele comia uma vagem do deserto, chamada alfarroba, que tinha um gostinho parecido com chocolate. Ele misturava isso com mel e ficava uma delícia.
Foi assim que Deus ensinou a João como ser um grande pregador e também como escapar das tentações de Satanás. E João aprendeu tudo direitinho, foi obediente e tornou-se um grande profeta E da mesma forma que João, precisamos aprender o que Deus nos ensina e obedecer aos seus ensinos.

REVISANDO:
[Dizer:] João era vegetariano. E a comida dele era muito simples e gostosa: mel e semente de alfarroba. Nada de balas para estragar os dentes, nada de chocolates para mexer com os nervos. Mas ele era muito feliz com aquela comidinha porque assim ele aprendia melhor a vontade de Deus. Vou fazer umas perguntas agora. Quem acertar vai ganhar um sachê de mel (ou um docinho de alfarroba). [Fazer uma pergunta para cada criança, ajudando para que ela responda e ganhe o prêmio.]


MEMORIZANDO (até 10 minutos): [Pode-se memorizar o verso na linguagem de hoje ou na versão mais tradicional. No último caso, usar a NTLH apenas para explicar o significado do verso. Abrir a Bíblia e ler o verso para memorizar. Mostrar o visual com o verso. Dizer:] Nosso verso para memorizar de hoje fala que Deus quer nos levar pelo melhor caminho e é muito cuidadoso ao fazer isso. Quando há uma provação muito difícil, que nós não vamos aguentar, Ele nos desvia de lá. Quando há um lugar onde vamos receber uma bênção muito boa, Ele nos conduz até ali. Vamos aprender nosso verso então? [Colocar a venda nos olhos de uma criança e guiá-la pela sala. Dizer:] Vamos dar uma volta. Vou com você por aqui, porque ali está um leão. Repitam todos: “Intruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com meus olhos.” Salmo 32:8. [Segundo a idade das crianças, falar o verso inteiro ou apenas uma parte.] Agora vamos passar por ali porque tem água gostosa para refrescar. Repitam todos: “...Guiar-te-ei com meus olhos.” Salmo 32:8. Cuidado, vamos parar e ir pelo outro lado porque há uma tentação muito grande aqui. Vamos falar juntos. “...Guiar-te-ei com os meus olhos.” Salmo 32:8. [Voltar ao ponto de partida. Dizer:] Com os meus olhos eu guiei a _____. É assim que Deus faz conosco. [Repetir o processo com as outras crianças. Mudar um pouco os perigos e as bênçãos.]

APLICANDO:
[Conversar com as crianças sobre a maneira como Deus nos guia. Perguntar:] Como Deus guiou João no caminho do bem? [Dar tempo para as respostas.] Deus usou os pais de João para ensiná-lo a fazer o que é certo e afastar-se do mal. Quem Deus usa para guiar vocês? Os pais, professores, pastores e também a Bíblia.
Vamos ver se vocês entenderam a lição. Vou falar de algumas crianças. Se elas estão deixando Deus guiá-las como João deixou, vocês devem levantar-se. Se elas não estão deixando Deus guiar, vocês devem abaixar-se. Lembrem-se que Deus usa os pais, professores e pastores e também a Bíblia para nos guiar. [Criar outras situações de acordo com as necessidade de seus alunos.] 
·  Márcia já aprendeu que doces estragam os dentes. Mas quando ela ganha um dinheirinho, gasta tudo em balas. [Devem abaixar-se.]
·  Os pais de Jorge já compraram um bom brinquedo para ele. Mas ele está chorando porque quer ganhar também um jogo igual ao de seu colega, com monstros e armas. [Devem ficar abaixados.]
·  Beatriz ganhou um dinheirinho e foi ao mercado. Lá ela lembrou-se que sua mãe a ensinou a não comer bobagens e, por isso, comprou dois lindos cachos de uva. [Devem levantar-se.]
·  Marcos tem um tênis muito bom, mas quer comprar outro, bem caro, igual ao de seus amigos. Ele fica nervoso e discute com seus pais. [Devem abaixar-se.]
·  A Bíblia diz que as mulheres não devem usar roupas de homem e Ana leu esse verso outro dia. Sua prima lhe deu uma calça jeans. Ela agradeceu, mas lembrou-se da instrução da Bíblia e pediu a sua mãe que transformasse a calça em uma saia. [Devem levantar-se.]
·  Sejamos como João, que seguiu as instruções de Deus e de seus pais. Assim seremos abençoados e felizes.

CONTANDO AOS OUTROS (até 10 min, se não houver ensaios):
Opção A: [Dar uma cópia recortada para cada criança do bebê para embrulhar (acima). Depois de pintarem, ajudá-las a dobrar o trabalhinho nas linhas pontilhadas. Dizer:] O bebê João chegou de surpresa no lar de Zacarias e Isabel. Deus cuidou de João. Ele olhava com seus olhos para ele e ensinava-o a ser bom. Deus mostrou a João tudo que ele precisava saber para ser um missionário. Deus nos guia também com seus próprios olhos.

Opção B: [Colocar sachês de mel dentro de um saquinho e amarrá-lo com fitilho. Pedir às crianças que compartilhem o melzinho com alguém e contem que uma das coisas que João fez para seguir as instruções de Deus, foi ser vegetariano e não comer bobagens.]

ENCERRAMENTO (até 5 minutos): [Cantar e orar, pedindo para que Deus guie cada criança com seus olhos durante esta semana.]

ENSAIO PARA A PRÓXIMA APRESENTAÇÃO NA IGREJA (até 10 minutos).
  


quarta-feira, junho 26, 2013

Tesouros Infantis - 2º Trimestre de 2013 - Lição 13

Lição 13
Um Homem Justo

 OBJETIVO: Confiar que Deus cuidar de seus servos fiéis.
VERSO PARA MEMORIZAR: : “Ainda que Ele me mate, nEle esperarei.” [...] Jó 13:15.
RECURSOS NECESSÁRIOS: Conquistando a Atenção: fotos de pessoas e coisas importantes para o professor;  Lição: maquete; Revisando: aparelho de som e CD; Aplicando: pedra com pontas; Contando aos Outros: cópias da atividade abaixo.


Fonte: http://www.escoladominical.net/showthread.php?1179-J%F3


 COMO PREPARAR OS RECURSOS NECESSÁRIOS

Lição: Usar bonecos para serem os personagens: Jó, a esposa, os filhos, os três amigos. Para Jó, fazer dois bonecos: um saudável e outro doente. Usar objetos diferentes para cada animal. Por exemplo, tampas de garrafa para as ovelhas, prendedores de roupa para os jumentos, bloquinhos de montar para os bois e potes de danoninho para os camelos. Colocar cada rebanho sobre um pedaço de papelão ou prato descartável. No início, colocar somente metade dos rebanhos. No final, deixar completo.

Aplicando: Pedra com pontas: Pegar uma pedra bem lisinha, polida. Envolvê-la com massa de biscuit ou argila, fazendo muitas pontas e arestas. Deixar secar. 





CONQUISTANDO A ATENÇÃO: [Mostrar um álbum com fotos de pessoas ou coisas queridas, como filhos, pais, sobrinhos, animal de estimação, etc. enquanto mostra, dizer o quanto ama essas pessoas e coisas. Depois, dizer:] A história bíblica de hoje é sobre um homem que perdeu muitas coisas valiosas. Depois de ouvirem a história, quero que me respondam: Quem era o homem? O que aconteceu às pessoas e coisas importantes? Por que isso aconteceu ao homem? Como tudo terminou?
[Atividade extraída de: “É hora de jogar!” Editora Shedd]

APRESENTANDO A LIÇÃO: [Mostrar o boneco de Jó e dizer:] Numa terra muito distante chamada Uz, havia um homem por nome Jó. Ele tinha uma família grande e bonita, formada por sete rapazes, três moças e muitos empregados. [Mostrar os bonecos para esses personagens. Depois, mostrar os “rebanhos”] Ele era rico: possuía sete mil ovelhas, três mil camelos, quinhentos jumentos e quinhentos bois. Todas as pessoas gostavam dele porque era uma pessoa muito boa, que ajudava a todos que podia e amava muito a Deus.  

[Essa parte deve ser apenas contada, sem bonecos.] Certo dia, os anjos vieram perante Deus. Satanás também veio com eles. E o Senhor lhe perguntou: “De onde você vem vindo?”. “De rodear a Terra e passear por ela”, ele respondeu.  E Deus perguntou: “Viu o meu servo Jó? Não há na Terra homem tão bom e honesto. Jó teme a Deus e se afasta do mal.” Então o Inimigo replicou [fazer uma voz maldosa]: “É à toa que Jó teme a Deus? Tu não deixas que nenhum mal aconteça a ele, à sua família e a tudo o que ele tem e abençoa tudo o que Jó faz.  Mas, se tirares tudo o que é dele, verás que ele te amaldiçoará sem nenhum respeito” (Jó 1:7-11). Isso era mentira. Deus sabia que Jó era fiel a Ele, não importava o que acontecesse. Então, para mostrar a mentira de Satanás, Deus disse: “Pode fazer o que quiser com o que Jó tem. Só não toque no seu corpo.”  Então Satanás saiu da presença de Deus e foi perturbar Jó, pensando [Esfregar as mãos uma na outra, fazendo uma expressão de maldade.]: “Eu vou fazer esse Jó sofrer tanto que logo ele vai pecar e todos saberão que ninguém pode ser obediente a Deus. Ah! Ah! Ah!

[Movimentar os personagens conforme a história.] Então um dia, quando todos os filhos de Jó estavam comendo e bebendo na casa de um deles, um mensageiro veio apavorado e disse a Jó [falar com voz apavorada]: “Os bois estavam no campo, e os jumentos estavam pastando ao lado deles. [Tirar os bois, os jumentos e os empregados.] De repente, um bando de ladrões vieram, roubaram tudo e ainda mataram todos os seus empregados, só eu escapei.” Jó ficou horrorizado! [Fazer expressão de espanto. Aproximar outro boneco de Jó.] Enquanto o moço ainda estava falando, outro empregado veio, e desesperado, disse [falar com voz apavorada]: “Os caldeus vieram e pegaram os seus camelos e tiraram a vida de todos os seus empregados, só eu fugi.”. [Tirar os camelos. Aproximar outro boneco de Jó.]Antes desse empregado terminar de falar, outro entrou na sala e, disse [falar com voz apavorada]: “Fogo desceu do céu e matou todas as suas ovelhas e pastores, e eu fui o único que escapou.”. [Tirar as ovelhas. Aproximar outro boneco de Jó.] Enquanto Jó pensava nestes desastres, um quarto empregado entrou quase sem fala e tremendo, dizendo [falar com voz desesperada.]: “Seus filhos e filhas estavam comendo e bebendo na casa do seu irmão mais velho, veio um vendaval que derrubou a casa em cima deles e ninguém sobreviveu.”

Coitado do Jó! Não conseguia nem acreditar no que estava acontecendo com ele. Em pouco tempo tinha perdido tudo que tinha. Mas o pior era perder todos os filhos. Isso foi terrível! Ele ficou tão triste, tão triste que rasgou as suas roupas e raspou a cabeça. [Deitar o boneco.] Então, caiu no chão e adorou a Deus, dizendo: “Vim ao mundo sem nada e morrerei sem nada. O Senhor me deu tudo que eu tinha e Ele o tirou. Bendito seja o nome do Senhor.”Que exemplo, não é? vida! Jó não se queixou, nem ficou zangado com Deus.

Vocês não acham que Jó tinha problemas demais? É claro que tinha, mas Satanás ainda achou pouco. Ele foi de novo à presença do Senhor e disse que Jó só estava sendo fiel porque ainda tinha saúde.  Mais uma vez o Senhor permitiu que Satanás perturbasse Jó, mas não deixou que tirasse a vida dele.  Assim que o Inimigo saiu da presença do Senhor foi correndo até Jó e fez com que ele tivesse tumores horríveis, que doíam e coçavam muito. [Colocar o boneco doente.] Que terrível! Ele ficou ferido dos pés à cabeça. Pobre Jó! Ele não podia ficar bem nem sentado, nem em pé, nem deitado. A coceira era tanta que ele pegou um pedaço de telha e o usava para se coçar o dia inteiro. Será que dessa vez Jó continuaria fiel a Deus?

O sofrimento dele era tão grande que sua esposa, não agüentava mais ver aquilo. Então, em um momento de desespero, ela disse [fazer voz irritada]: “Amaldiçoa a Deus e morre!” Mas Jó não deu ouvidos a ela. Ele não quis ficar zangado com Deus. Ao invés disso, ele disse [fazer uma voz sofrida, mas calma]: “Você está falando como uma louca. Será que nós vamos receber só o bem e não o mal?”. Jó acreditava que Deus sabia o que era melhor. Ele suportou pacientemente o sofrimento e continuou fiel exatamente como antes.

Quando acontece alguma coisa ruim com a gente, nossos amigos vêm nos visitar. Os amigos de Jó, Elifaz, Bildade e Zofar, também foram lá. [Aproximar os três amigos de Jó.] Quando o viram naquela situação, quase não o reconheceram. Rasgaram as suas roupas, lançaram cinzas sobre a cabeça e choraram demoradamente. Eles ficaram sete dias olhando para Jó sem saberem o que dizer para ele. Depois de sete dias Jó disse que gostaria de não ter nascido. Ele disse isso porque desejava ter descanso e paz. Mas seus amigos, ao invés de falar palavras de consolo, começaram a dizer [fazer voz de acusação:] “Jó, você deve ter feito um pecado muito grande e Deus está castigando você. Você deve ser muito mau, para receber um castigo assim.”  Imaginem a situação de Jó. Sofrendo tanto e ainda sendo acusado. Desse jeito, a visita deles só serviu para piorar a situação. Ele respondeu [falar com voz sofrida]: “Eu não fui desobediente. Eu cuidei mais da Palavra de Deus, do que da minha comida. Ele sabe tudo que tenho feito e quando Ele terminar de me testar eu vou sair como o ouro.” Jó sabia que Deus o estava testando. Por isso não desanimou. Mas não foi fácil, porque os amigos dele não paravam de acusá-lo.
Deus não gostou do que Elifaz, Bildade e Zofar fizeram. Ele mandou que eles oferecessem sacrifícios e que Jó orasse por eles, para não serem castigados. Jó orou por seus amigos e eles foram perdoados. Então, aconteceu algo maravilhoso: Deus devolveu em dobro tudo que Satanás havia tirado de Jó. [Colocar o dobro de animais.] Ele teve 14.000 ovelhas, 6.000 camelos, mil jumentos e mil bois. [Mostrar o Jó curado.] Ele foi curado e a pele dele ficou bem limpa, sem nenhuma marquinha. Além disso, cada pessoa que Jó havia ajudado foi visitá-lo levando dinheiro e ouro. [Colocar moedas perto de Jó.] Como ele havia ajudado muita gente, recebeu muito dinheiro. [Colocar os bonecos dos filhos em volta dele.] E, além disso, ele e a esposa tiveram mais sete meninos e três meninas e suas filhas se tornaram as moças mais lindas que havia naquele país. Nunca mais Deus permitiu que Satanás o provasse com tanta força. Ele havia sido testado e saído como ouro. E o Senhor abençoou o fim da vida de Jó mais do que o princípio.

 REVISANDO: [Ficar de costas para a turma, enquanto as crianças andam pela sala ao som de música.  Quando a música parar, as crianças escolhem se querem ser filhos (ficando de pé); se querem ser um dos animais (ficando de quatro) ou se querem ser Jó (deitando-se no chão). Ainda sem olhar, dizer: “Jó perde seus filhos e filhas” ou “Jó perde seus animais” ou “Jó fica doente”. Quem estiver na posição anunciada, sai da brincadeira e responde a uma das perguntas de Conquistando a Atenção.] [Atividade extraída de: “É hora de jogar!” Editora Shedd]

MEMORIZANDO: [Dizer:]  Jó não estava entendendo porque ele estava sofrendo tanto. Mas ele ainda assim, confiava em Deus. Nós também precisamos confiar em Deus sempre.  [Ler o verso na Bíblia e ensiná-lo usando os gestos sugeridos na lição.]
Ainda que Ele me mate - [apontar para o céu, bater a mão fechada contra a outra]
nEle esperarei - [levantar as mãos para o alto]

APLICANDO: [Com antecedência, montar uma torre com copos descartáveis. Depois, mostrar a pedra com as pontas. Dizer:]  Vamos entender agora o que aconteceu com Jó. Sabem, quando encontramos Jesus somos como pedras grosseiras [mostrar as pontas da pedra]. Somos cheios de defeitos. Mas Jesus  nos dá muito valor e quer que todos vejam isso. Então, Ele nos escolhe e permite que nos venham provas. Então vamos imaginar que essa pedra aqui é um menino chamado Jorge [dizer um  nome que não tenha um sua sala.]. Ele construiu uma torre com copos descartáveis. [Mostrar a torre.] Mas o irmãozinho dele veio e derrubou tudo. Deus deixou que isso acontecesse para ver se ele vai ser paciente e bondoso. Se ele for, vai sair um pouco das pontas. [Tirar uma parte das pontas.] Se não for, Deus vai prová-lo mais uma vez. No outro dia, ele estava andando de bicicleta e se divertindo muito. Então, a mãe dele o chamou para limpar o seu quarto. Deus está testando ele para ver se obedecerá depressa. Se ele fizer isso, mais uma ponta será tirada do caráter dele. [Tirar mais umaparte das pontas.] E assim, Deus vai provando o Jorge e a nós também, todos os dias, até desaparecerem todas as pontas. [Ir tirando mais pontas. Depois, esfregar uma lixa bem fininha e um pano até a pedra polida aparecer.] Jó sabia que era uma pedra na mão de Deus. Sabia que Deus permitiu que ele perdesse tudo para testá-lo. Ele teve uma grande fé e passou pelo teste. E você está pronto para que Deus tire todas as pontas grosseiras de seu caráter? Se estiver, você será como essa pedra.

CONTANDO AOS OUTROS:  [Entregar a atividade para as crianças pintarem, enquanto relembra a aplicação.]



Que bom que você veio!

Volte Sempre!